EUA: Instituto Camões assina protocolo para ensino do português na Califórnia

Publicado em quarta, 18 julho 2012 13:28

O Instituto Camões (IC) e a Associação de Professores de Português dos Estados Unidos e Canadá (APPEUC) vão juntar esforços no ensino da língua portuguesa nas escolas oficiais e comunitárias do Estado da Califórnia, ao abrigo de um novo acordo.

Um protocolo recentemente assinado permite que dois professores de língua portuguesa, Diniz Borges e José Luís da Silva, passem a ser professores de apoio pedagógico da Coordenação do Ensino Português nos Estados Unidos (CEPE-EUA) com responsabilidades no Estado da Califórnia.

 

Nuno Mathias, que assumiu recentemente o posto de cônsul de Portugal em São Francisco e representou o Instituto Camões na assinatura do acordo, sublinhou à Lusa o facto de "pela primeira vez, se recorrer ao uso de recursos locais através da escolha de professores ligados à diáspora na área do ensino do português" na Califórnia.

 

"Não deixará de constituir uma mais-valia, tendo nomeadamente presente o conhecimento que têm da realidade no terreno", afirmou.

 

Diniz Borges, presidente da APPEUC, leciona na Tulare Joint Union High School e College of the Sequoias, enquanto José Luís Silva é professor jubilado da San Jose Academy High School.

 

Para o cônsul em São Francisco, o acordo visa fortalecer a promoção da língua portuguesa "junto das autoridades escolares americanas e das escolas comunitárias existentes nas cidades com comunidades portuguesas", além de "rentabilizar sinergias", sensibilizando "as comunidades portuguesas para a importância da manutenção das suas raízes culturais, designadamente a língua portuguesa, como forma de ligação das novas gerações a Portugal".

 

Outros objetivos são "promover de forma articulada ações de formação dirigidas aos professores de português" e apoiar e desenvolver projetos no âmbito do ensino integrado.

 

Ainda segundo o documento, a associação compromete-se a organizar e coordenar ações de formação dirigidas aos professores de português das escolas comunitárias e escolas públicas da Califórnia e trabalhar com as instituições e associações da comunidade e entidades americanas de modo a aumentar a oferta de cursos de português em mais escolas secundárias do Estado.

 

Em 2013, celebrar-se-á o centenário da criação da primeira escola portuguesa na Califórnia, organizada em 1913 na cidade de Oakland, efeméride que será comemorada pela APPEUC.

 

Sediada na Embaixada de Portugal em Washington DC, a CEPE-EUA, depende diretamente do Instituto Camões e integra atualmente uma Coordenadora, Fernanda Costa, e dois adjuntos, tendo como missão a coordenação e execução no terreno da política da língua portuguesa no estrangeiro.

 

Ao assumir o posto consular em São Francisco, Nuno Mathias salienta a importância da ação junto das comunidades portuguesas na Califórnia "que como é sabido beneficiam de uma grande projeção não só pelo seu número como pela sua dimensão humana e comercial".

 

"São a marca de Portugal nas áreas onde desenvolvem as suas atividades", afirmou à Lusa.

"A principal prioridade para os próximos meses passará sem dúvida por uma maior aproximação às comunidades portuguesas", adiantou.

 

AOL/PDF

Lusa

 

 

Tópicos neste artigo:
Camões, I.P.
Usamos cookies no nosso site para lhe proporcionar uma melhor experiência de utilização.