Novidades da Cátedra de Português da Universidade Eduardo Mondlane

Publicado em terça, 18 setembro 2012 16:06

A página eletrónica da Cátedra de Português Língua Segunda e Estrangeira da Universidade Eduardo Mondlane em Maputo foi remodelada, de modo a satisfazer o público que a consulta que varia entre estudantes, professores, investigadores e público em geral  de diferentes espaços geográficos, como Moçambique, Portugal e Brasil, entre outros.

Nesta página, os visitantes poderão encontrar: Sugestões de Leitura, em que se recomendam leituras relacionadas com o ensino e a aprendizagem da língua portuguesa; Fichas de Atividades sobre problemas detetados pela equipa e para as quais estão a produzir oficinas gramaticais, atividades e exercícios, alguns já disponíveis; Correio dos Leitores em que se apresentam as dúvidas colocadas pelos visitantes e as respostas dadas pela equipa; Em Destaque, espaço de divulgação sobre assuntos e eventos nesta área; Curiosidades, onde se expõem aspectos particularmente interessantes sobre a língua portuguesa e o seu ensino e aprendizagem; e finalmente Recursos Didáticos on line em que são sugeridos outras páginas que podem ajudar os visitantes desta página a esclarecerem as suas dúvidas ou a enriquecerem os seus conhecimento sobre a língua portuguesa.

http://www.catedraportugues.uem.mz/?__target__=didactica

 

Sessão de trabalho “Integração de empréstimos lexicais no Português de Moçambique”

A Cátedra de Português Língua Segunda e Estrangeira organizou, no dia 12 de Setembro de 2012, uma sessão de trabalho sobre "Integração de empréstimos lexicais no Português de Moçambique (PM)" na Faculdade de Letras e Ciências Sociais da Universidade Eduardo Mondlane, com vista à elaboração de princípios reguladores sobre como escrever em português palavras oriundas de outras línguas, particularmente das línguas Bantu e Inglês, esta sessão de trabalho reuniu mais de 60 participantes, entre linguistas, professores, escritores e jornalistas.

A Cátedra de Português Língua Segunda e Estrangeira, pela experiência acumulada no Observatório de Neologismos do Português de Moçambique, no âmbito da implementação do Acordo Ortográfico, assumiu a elaboração do Vocabulário Ortográfico Nacional (Moçambique), componente do Vocabulário Ortográfico Comum (VOC) dos países de Língua Oficial Portuguesa. Neste sentido, este encontro revelou-se muito importante na medida em que se tem verificado, quer na imprensa, quer no ensino, uma grande instabilidade na escrita em Português de palavras oriundas de outras línguas, com particular destaque para as línguas Bantu e inglesa. Esta instabilidade deve-se à inexistência de um instrumento regulador das regras gerais ortográficas a serem aplicadas às palavras inseridas no português de Moçambique (PM), por via do empréstimo. Considerando o elevado número de empréstimos no PM, e no âmbito da constituição do Vocabulário Ortográfico Nacional, era incontornável a formulação de princípios gerais normalizadores da sua ortografia.

 

 

Tópicos neste artigo:
Camões, I.P.
Usamos cookies no nosso site para lhe proporcionar uma melhor experiência de utilização.