Espanha: Ciclo de cinema dedicado a Fernando Lopes em Vigo

Publicado em quinta, 11 outubro 2012 08:56

O filme ‘O Delfim’ encerra o I Ciclo de Cinema Português, inteiramente dedicado ao cineasta Fernando Lopes, falecido em maio deste ano, que está a decorrer todas as quintas-feiras do mês no espaço do polo do Centro Cultural Português, em Vigo, na Galiza (Espanha).

O público galego pôde já assistir à exibição a 4 de outubro de Belarmino (1964) e a 11 de outubro de Uma abelha na chuva (1971) e vai ainda ver a 18 outubro Crónica dos bons malandros (1984) e a 25 de outubro O Delfim (2002).

Nascido em Alvaiázere em 1935, Fernando Lopes interessou-se pelo cinema através do movimento cineclubista. Entra para a recém-criada Radiotelevisão Portuguesa (RTP) em 1957. Estuda cinema em Londres e realiza a sua primeira curta-metragem em 1960.

Belarmino, um documentário que relata a história de um pugilista, é a obra que lhe dá notoriedade e o torna «um dos mais importantes cineastas da geração do Cinema Novo» português.

Estagia em Hollywood em 1965, funda uma produtora e roda em 1969 Uma Abelha na Chuva, com base no romance homónimo de Carlos de Oliveira. Outras obras se seguiriam: Nós por Cá Todos Bem (1978), Lisboa (1979), Crónica dos Bons Malandros (1984), Matar Saudades (1987), O Fio do Horizonte (1993), O Delfim (2001), Lá Fora (2004), 98 Octanas (2006), Os Sorrisos do Destino (2009) e Em Câmara Lenta (2012)

Fernando Lopes foi ainda, em 1970, o primeiro presidente da direção do Centro Português de Cinema. Em 1973, tornou-se diretor da revista Cinéfilo. Na RTP foi diretor de programas do canal 2 (1978-80) e diretor do departamento de coproduções internacionais (1980-1994). Foi também professor da Escola Superior de Cinema.

 

 

Tópicos neste artigo:
Camões, I.P.
Usamos cookies no nosso site para lhe proporcionar uma melhor experiência de utilização.