Timor-Leste: 23 novos licenciados em Ensino da Língua Portuguesa

Publicado em segunda, 26 novembro 2012 16:28

Um total de 23 novos licenciados em Ensino de Língua Portuguesa da Universidade Nacional de Timor Lorosa’e (UNTL), em Timor-Leste, recebe terça-feira, 27 de novembro, os seus diplomas numa cerimónia de graduação que tem lugar no Centro de Convenções de Díli.

Desde 2000, ano em que o então Instituto Camões iniciou a sua intervenção em Timor-Leste, cooperando com a UNTL, 81 timorenses concluíram a sua formação superior na área da Língua Portuguesa: 45 licenciados e 36 bacharéis.

Terça-feira, vinte e três novos alunos receberão os seus diplomas de licenciatura em Ensino da Língua Portuguesa e um aluno receberá o diploma de bacharelato em Ensino da Língua Portuguesa.

O Camões IP mantém um Centro de Língua Portuguesa no Departamento de Língua Portuguesa da Faculdade de Ciências da Educação da UNTL, de que é atualmente responsável a leitora Elísia Ribeiro, que também desenvolve atividades letivas.

O Camões IP, enquanto entidade que sucedeu ao antigo Instituto Português de Apoio ao Desenvolvimento, mantém também várias dezenas de professores portugueses em Timor-Leste no âmbito do Projeto de Formação Inicial e Contínua de Professores daquele país asiático de língua oficial portuguesa.

Numa cerimónia em Lisboa, a 15 de junho último, de assinatura dos contratos de 31 daqueles professores, envolvendo o Camões IP e o Ministério da Educação de Timor-Leste, o secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros e Cooperação, Luís Brites Pereira, disse que o projeto de cooperação, no montante total de 23,7 milhões de euros para três anos, prevê o envio de 173 professores por ano, com Timor-Leste a financiar 59% dos custos e a liderar o projeto.

 

 

Tópicos neste artigo:
Camões, I.P.
Usamos cookies no nosso site para lhe proporcionar uma melhor experiência de utilização.