Prémio “Contra a MGF – Mudar aGora o Futuro”

Publicado em quinta, 03 janeiro 2013 13:23

No âmbito das ações previstas no II Programa de Ação para a Eliminação da Mutilação Genital Feminina (MGF) cuja execução compete a um grupo de trabalho inter-sectorial de que o Camões, IP faz parte, realizou-se no dia 20 de dezembro a cerimónia pública de atribuição dos Prémios “Contra a MGF – Mudar aGora o Futuro”. Esta cerimónia teve lugar na Biblioteca da Comissão para a Cidadania e Igualdade de Género (CIG) e contou com a presença da Sra. Secretária de Estados dos Assuntos Parlamentares e da Igualdade, Teresa Morais.

Estes prémios pecuniários atribuídos após concurso, têm como objectivo apoiar projetos a desenvolver em Portugal por pequenas associações que trabalham diretamente com a comunidade imigrante, tendo em vista combater a violência sobre as mulheres e, muito especificamente, a erradicação da prática da MGF/excisão. O primeiro prémio foi atribuído à Associação Balodiren e o segundo à Associação Morabeza.

Ainda no domínio das ações previstas no citado Programa, foi assinado um Protocolo entre a CIG e a Associação de Estudantes da Guiné-Bissau em Lisboa. Este Protocolo permitirá, juntamente com outros grupos de jovens africanos a residir em Portugal, temporariamente ou não, criar uma rede juvenil e, de acordo com um plano de atividades, desenvolver ações tendo em vista o abandono de práticas violentas sobre as mulheres e raparigas, designadamente a mutilação genital feminina.

 

 

Tópicos neste artigo:
Camões, I.P.
Usamos cookies no nosso site para lhe proporcionar uma melhor experiência de utilização.