Cabo Verde: Mostra de vídeos de artistas portugueses

Publicado em sexta, 11 janeiro 2013 16:06

Sete vídeos de sete artistas portugueses, nascidos na década de 1970, compõem a mostra de vídeos “Do Silêncio a Um Outro Hino”, para ver em janeiro e fevereiro na Praia e no Mindelo, em Cabo Verde. Os trabalhos propõem “uma reflexão artística sobre certos mitos, marcas e percursos que um certo passado ligado a África deixou num certo Portugal pós-colonial.”

Daniel Barroca, Jorge Santos, José Carlos Teixeira, Maria Lusitano, Mónica de Miranda, Paulo Mendes e Rui Mourão têm em comum o facto de terem nascido entre o fim da ditadura e, na sua maioria, o início da democracia. “Descendentes de um país com um passado colonial do qual já não participaram”, estes portugueses recorrem à vídeo arte enquanto “representação artística contemporânea do mundo” para exorcizar os “fantasmas” daquele passado coletivo.

“Do Silêncio a Um Outro Hino” é uma iniciativa de artistas que, pelas palavras de Rui Mourão, “vivem num contexto onde as referências de um passado histórico 'ultramarino' estão ainda vivas mas simultaneamente permanecem pouco faladas pelos seus intervenientes”. Assim, “mais do que insistir no discurso recorrente do legado que Portugal deixou em África, este projeto pretende perspetivar o legado que ter estado em África deixou em Portugal”, acrescenta, em comunicado, o artista e comissário da exposição.

Os vídeos do projeto “Do Silêncio a Um Outro Hino”, apoiado pelo Camões, IP, serão exibidos de 14 a 18 de janeiro, entre as 15h e a 19h, no Centro Cultural Português – Embaixada Portuguesa em Cabo Verde, na Praia. De 28 de janeiro a 1 de fevereiro, entre as 15h e as 20h, cabe ao Centro Cultural do Mindelo, na ilha de S. Vicente, alojar a mostra de vídeo arte portuguesa.

Tópicos neste artigo:
Camões, I.P.
Usamos cookies no nosso site para lhe proporcionar uma melhor experiência de utilização.