Dois livros de Saramago em chinês no 1º semestre de 2013

Publicado em sexta, 25 janeiro 2013 12:48

As traduções chinesas dos romances ‘Ensaio sobre a Cegueira’ e ‘Ensaio sobre a Lucidez’, de José Saramago, anunciadas no verão passado, sairão no primeiro semestre de 2013, segundo disse fonte da editora à Agência Lusa.

A primeira daquelas obras foi objeto de apoio à tradução e edição por parte do Camões – Instituto da Cooperação e da Língua, em 2012.

Na versão chinesa, ambos os títulos têm os carateres "ming zheng" ("visão", em português), mas no primeiro, sobre a cegueira, trata-se de uma perda e o segundo, dedicado à lucidez, corresponde a uma recuperação, contou o tradutor, Fan Weixin. «Só varia o verbo. Num caso é perder (‘shi'), noutro é recuperar (‘fu')», precisou.

Fan Weixin, que já traduziu também ‘Memorial do Convento’, gostaria que os dois livros fossem lançados ao mesmo tempo, mas a editora, a Thinkingdom Media Group, tem outros planos.

Ensaio sobre a Cegueira’ sairá depois da passagem do ano lunar, em meados de fevereiro, e ‘Ensaio sobre a Lucidez’ em abril, indicou a mesma fonte. Em Portugal, os dois livros foram publicados com quase uma década de intervalo, em 1995 e 2004, respetivamente.

A Thinkingdom Media Group, uma editora privada cujo catálogo inclui obras de Gabriel Garcia Marquez, Murakami Haruki, Toni Morrison e Paulo Coelho, tenciona também reeditar ‘Memorial do Convento’, o primeiro livro de Saramago traduzido e publicado no país, em 1997.

«Comparando com ‘Memorial do Convento', que tinha muitos termos religiosos, os outros dois foram mais fáceis", disse o tradutor. «Quando traduzi o ‘Ensaio sobre a Lucidez' já estava reformado. Para mim foi um passatempo», acrescentou.

Fan Weixin, 72 anos, já traduziu também mais de uma dezena de obras de outros autores portugueses e brasileiros, entre os quais Jorge Amado, Erico Veríssimo, Eça de Queiroz e Miguel Torga.

Antigo jornalista da secção portuguesa da Rádio Internacional da China, Fan Weixin fez parte da primeira turma de língua portuguesa criada na República Popular da China, em 1960.

José Saramago (1922-2010) é o único escritor de língua portuguesa galardoado com o Premio Nobel da Literatura, em 1998.

 

 

Tópicos neste artigo:
Camões, I.P.
Usamos cookies no nosso site para lhe proporcionar uma melhor experiência de utilização.