França: Literatura portuguesa presente no Festival do Primeiro Romance de Chambéry

Publicado em segunda, 04 fevereiro 2013 17:21

A literatura portuguesa marca presença de 23 a 26 de maio de 2013 no Festival do Primeiro Romance de Chambéry (França), importante evento consagrado à divulgação de novos autores francófonos e europeus, selecionados por 3 mil leitores após um ano de tertúlias e debates.

A Rede de Bibliotecas Municipais de Oeiras (BMO), enquanto parceira internacional do evento, tem a seu cargo o processo prévio à participação neste certame, que consiste na identificação, por grupos de leitores, de uma lista de primeiras obras de escritores portugueses editadas até Outubro do ano anterior.

Ao longo de meses, os leitores reúnem-se para trocar ideias sobre os livros definidos nessa lista inicial. Após este prolongado debate, no final de fevereiro de 2013 cumpre-se a segunda fase da seleção, sendo então “eleitos” os 3 autores que poderão representar Portugal no Festival du Premier Roman.

A estreia da literatura portuguesa em Chambéry aconteceu em 2012, por ocasião da 25ª edição deste evento. Nuno Camarneiro, autor do romance “No Meu Peito Não Cabem Pássaros”, publicado pela D. Quixote em junho de 2011, foi o autor que levou pela primeira vez as letras lusas ao Festival do Primeiro Romance.

A pré-seleção para a edição de 2013, definida pelos grupos de leitores das BMO, inclui 11 títulos, correspondentes a primeiros romances de Alexandra Lucas Coelho, Ana Sofia Fonseca, António Manuel Marques, Ana Miranda, Bruno Margo, Carla M. Soares, João Bouza da Costa, João Rebocho Pais, João Ricardo Pedro, Luís Francisco e Tiago Patrício.

Evento literário de características únicas, o Festival de Chambéry tem estado “ao serviço da criação contemporânea”, reunindo leitores, escritores consagrados e autores-promessa a pretexto da celebração da literatura e da leitura.

Em cada ano, o Festival acolhe 15 autores de primeiro romance francófonos e 8 de primeiro romance italiano, espanhol, alemão, romeno, inglês e português, que são o resultado da escolha de 3 mil leitores “exigentes e apaixonados, após um ano de leituras e debates”, segundo refere a organização.

Durante os quatro dias do certame os jovens romancistas participam ao lado de escritores célebres num intenso programa cultural que anima a cidade de Chambéry com debates, sessões de leitura, ateliers de tradução, pequenos-almoços literários, exposições e espetáculos.

Mais informações sobre o Festival du Premir Roman podem ser acedidas em http://www.festivalpremierroman.com/SDL_2012/index.php

As Bibliotecas Municipais de Oeiras criaram um espaço para divulgação do processo de seleção dos livros e autores, contando com a opinião de leitores e notícias sobre os escritores: http://gruposdeleitoresoeirasaler.blogspot.pt/

 

 

Tópicos neste artigo:
Camões, I.P.
Usamos cookies no nosso site para lhe proporcionar uma melhor experiência de utilização.