Colômbia: Obra de Saramago com lançamento mundial na Feira do Livro de Bogotá

Publicado em segunda, 01 abril 2013 14:33

O livro de José Saramago (1922-2010) ‘A Estátua e a Pedra’, uma reflexão do Prémio Nobel da Literatura de 1998 sobre a sua obra, vai ter lançamento mundial numa edição bilingue – português e espanhol – este mês de abril na Feira Internacional do Livro de Bogotá (FIlBo), de que Portugal é o país convidado, anunciou a Fundação José Saramago.

Uma vintena de escritores e personalidades de língua portuguesa, 34 obras traduzidas e publicadas e um pavilhão com 3 mil metros quadrados são os grandes números da presença de Portugal na 26ª edição da Feira Internacional do Livro de Bogotá (FILBo), que decorre entre 17 de abril e 1 de maio.

A feira de 2013 tem como tema o ‘Mar’ e como comissário-geral da representação portuguesa o colombiano Jerónimo Pizarro, responsável pela cátedra de Estudos Portugueses ‘Fernando Pessoa’, na Universidade dos Andes,

Entre os escritores que visitarão Bogotá encontram-se Adélia Carvalho, Afonso Cruz, Ana Luísa Amaral, André Letria, Carla Maia de Almeida, Dulce Maria Cardoso, Fernando Pinto do Amaral, Francisco José Viegas, Gastão Cruz, Inês Pedrosa, José Eduardo Agualusa, José Luís Peixoto, José Tolentino Mendonça, Mia Couto, Miguel Real, Nuno Júdice, Ricardo Araújo Pereira, Valter Hugo Mãe e Vasco Graça Moura.

O anúncio do lançamento em Bogotá da obra de Saramago foi feito pela Fundação que leva o seu nome, que indicou ser A Estátua e a Pedra «uma reflexão de José Saramago sobre os seus livros e sobre a importância decisiva que o facto de viver numa ilha de pedra e vulcões como Lanzarote teve para entender o seu estilo literário e de vida». «Na verdade, este é um livro que não existiria sem Lanzarote», diz a nota de imprensa.

O texto de Saramago, lançado em Portugal no início de abril, é acompanhado, neste pequeno volume, de dois textos introdutórios dos professores italianos Luciana Stegagno Picchio (1920-2008) e Giancarlo Depretis (Università degli Studi di Torino), e de um epílogo do escritor espanhol Fernando Gómez Aguilera, biógrafo do escritor português e comissário da exposição permanente que lhe é dedicada na Casa dos Bicos (sede da fundação), em Lisboa, segundo o Público.

O jornal adiantou também que A Estátua e a Pedra é o título de uma conferência que Saramago deu na Universidade de Turim, Itália, em maio de 1998, na sequência do Colóquio Diálogos sobre a Cultura Portuguesa. Literatura-Música-História. Esse texto, foi publicado em Itália, em 1999, numa edição de luxo já esgotada, ao lado dos textos de Picchio e Depretis.

 

 

Camões, I.P.
Usamos cookies no nosso site para lhe proporcionar uma melhor experiência de utilização.