Argentina: Portugal presente em Encontro Internacional de Narração Oral

Publicado em quinta, 02 maio 2013 09:33

A atriz portuguesa Ana Sofia Paiva representa Portugal no Encontro Internacional de Narração Oral que decorre de 3 a 5 de maio na Argentina, integrado na programação da Feira do Livro de Buenos Aires, prestigiado certame literário da América Latina que atrai mais de um milhão de visitantes.

“Voces como Puentes” (“Vozes como Pontes”) é o título deste evento dedicado à importância da tradição oral na preservação do património literário, e que reúne na capital argentina narradores, investigadores, escritores, editores, docentes, bibliotecários e, em geral, todo o público interessado em conhecer o mundo dos contadores de histórias.

Segundo a organização, trata-se de “um espaço plural que incentiva o encontro com a palavra falada e que valoriza a riqueza da transmissão oral”. Inclui conferências, espetáculos, ateliês e outras atividades.

O Encontro Internacional de Narração Oral conta com a participação de quatro contadores de histórias de primeiro plano na cena internacional, entre eles a portuguesa Ana Sofia Paiva, o colombiano Nicolás Buenaventura, a chilena Sandra Aravena e o italiano Roberto Anglisani.
A escritora Liliana Bodoc tem a seu cargo a conferência inaugural e haverá ainda uma sessão de homenagem à escritora Adela Basch.

Em Buenos Aires, Ana Sofia Paiva será responsável por ações de formação subordinadas ao tema “O poder da voz”. Nascida em Lisboa em 1981, iniciou a sua atividade como atriz aos 16 anos e mais tarde completou a sua formação artística na Escola Superior de Teatro e Cinema.

No seu percurso, além da participação em diversos projetos teatrais, assinala-se a dinamização de um programa de Intercâmbio Cultural em Cabo Verde e o trabalho com crianças e adolescentes.

Leciona várias formações em Narração Oral e Contadores de Histórias no espaço SOU -Movimento e Arte, onde é artista residente e coordenadora da formação artística e dos projetos socioculturais. Integra o projeto de investigação do Instituto de Estudos de Literatura Tradicional, onde se dedica à transcrição de contos tradicionais portugueses inéditos.

A Feira Internacional do Livro de Buenos Aires, lançada em 1975, ocupa uma área de mais 45 mil metros quadrados e prolonga-se durante três semanas, entre 25 de abril e 13 de maio. Além de ser um espaço de encontro entre leitores e mais de dez mil profissionais do livro provenientes de todo o mundo, este evento distingue-se pela sua forte programação cultural.

Página da FIL: http://www.el-libro.org.ar/internacional/general

Página do Encontro de Narração Oral: http://www.el-libro.org.ar/internacional/culturales/encuentro-de-narracion-oral.html

 

 

Tópicos neste artigo:
Camões, I.P.
Usamos cookies no nosso site para lhe proporcionar uma melhor experiência de utilização.