UNESCO e CPLP celebram Língua Portuguesa com Jornada de Cinema Lusófono

Publicado em terça, 14 maio 2013 16:50

No âmbito das celebrações do Dia da Língua Portuguesa na UNESCO, realiza-se a 15 de maio de 2013, em Paris, uma “Jornada do Cinema Lusófono”, com exibição de filmes oriundos de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, S. Tomé e Príncipe e Timor-Leste.

Esta iniciativa é organizada pelos países da CPLP (Comunidade dos Países de Língua Portuguesa) acreditados junto da UNESCO, sob a presidência de Moçambique, e conta com o apoio do Camões IP, através da Cátedra Lindley Cintra e do Leitorado de Paris 8/Saint-Denis.

O programa desenrola-se na Maison de l’UNESCO em três momentos distintos: das 14h às 17h45m, exibição de documentários e animação, das 18h às 18h30m, abertura solene, e das 18h30m às 21h45, exibição de filmes lusófonos. A entrada é livre até ao limite de lugares disponíveis.

De Portugal será projetada a longa-metragem “Singularidades de uma rapariga loura”, do realizador Manoel de Oliveira, pelas 20h40m. Já o Brasil faz-se representar com duas obras, “Fogo-Pagou”, de Ramon Batista, pelas 20h30m, e “Inasan”, de Carlos Eduardo Nogueira, a exibir às 21h40m.

Outras películas em cartaz são “Uma Lulik – Casa Sagrada”, de Victor de Souz (Timor-Leste), “Rio da Verdade, de Domingos Sanca (Guiné-Bissau), “Eugénio Tavares – Coração Crioulo”, de Júlio Silvão (Cabo –verde), “Tchiloli – Identidade de um Povo”, de Felisberto Blanco, “Um Olhar sobre Moçambique”, realizado pelo Instituto Nacional de Cinemas moçambicano, e “O herói”, de Zézé Gambôa (Angola).

 

 

Tópicos neste artigo:
Camões, I.P.
Usamos cookies no nosso site para lhe proporcionar uma melhor experiência de utilização.