Espanha: Josep Domènech Ponsatí vencedor do Prémio ‘Giovanni Pontiero’ 2013

Publicado em quinta, 16 maio 2013 18:45

Josep Domènech Ponsatí foi o vencedor do XIII Prémio de Tradução ‘Giovanni Pontiero’, pela tradução para catalão do romance Vidas Secas (Vides seques), do escritor brasileiro Graciliano Ramos, foi hoje revelado em Barcelona.

O galardão, hoje entregue ao vencedor numa cerimónia na capital catalã, foi atribuído pelo Centro de Língua Portuguesa/Camões, IP de Barcelona e pela Facultat de Traducció i Interpretació (FTI) da Universitat Autònoma de Barcelona (UAB).

Publicado pela Adesiara Editorial, que foi felicitada pelos promotores do prémio pela aposta feita, o romance de Graciliano Ramos surgiu originalmente em 1938. Aborda o tema da vida no sertão brasileiro retratada através de uma família que empreende uma viagem de sobrevivência para fugir da pobreza.

A cerimónia académica foi presidida pelo vice-reitor de Relações Internacionais da UAB, Lluís Quintana, e contou com as intervenções da decana da Facultat Traducció i d’Interpretació, Laura Santamaría, e da diretora do Camões, IP de Barcelona, Helena Tanqueiro. Estiveram ainda presentes, entre outros, a diretora do Departament de Traducció, Marisa Presas, e o diretor do Centro Cultural do Brasil em Barcelona, Wagner Novaes.

Este ano, os organizadores do Prémio Giovanni Pontiero decidiram homenagear Fernando Pessoa e José Saramago e os seus tradutores, nos 125º e 90º aniversários dos nascimentos destes escritores portugueses, respetivamente.

O professor universitário Joaquim Sala-Sanahuja foi o encarregado de glosar, na sua conferência, a figura de ambos os autores, na sua qualidade de tradutor para catalão da obra poética de Fernando Pessoa e de grande conhecedor das relações literárias entre ambos os países.

O encerramento esteve a cargo de Carles Andreu que musicou e recitou o poema Tabacaria de Fernando Pessoa.

O Prémio de Tradução Giovanni Pontiero destina-se a traduções de obras literárias, de qualquer género, escritas originalmente em língua portuguesa e publicadas em espanhol e catalão (respetivamente nos anos pares e nos anos ímpares).

O prémio foi instituído em 2001 para honrar a figura do grande tradutor Giovanni Pontiero e tem o valor anual de 6.000 €.

Na presente edição foram apresentadas 6 traduções para catalão, recebidas de diversos pontos dos territórios de língua catalã.

 

 

Tópicos neste artigo:
Camões, I.P.
Usamos cookies no nosso site para lhe proporcionar uma melhor experiência de utilização.