Japão: Projetos e Esquissos de Eduardo Souto de Moura expostos em Tóquio

Publicado em quarta, 19 junho 2013 12:20

A exposição ‘Eduardo Souto de Moura – Concursos: 1979-2010’ recebeu diariamente perto de uma centena de visitantes nos 7 dias em que esteve patente na Galeria Hillside Forum, do complexo Daikanyama Hillside Terrace, em Tóquio, entre 4 e 10 de junho, numa iniciativa promovida pela Embaixada de Portugal no Japão, em parceria com o Centro Cultural Português, ESPAÇOS - Portugal.

A exposição, que está agora guardada num instituto tecnológico japonês, poderá ainda vir a ser exibida no outono naquele país, segundo uma informação da Embaixada de Portugal em Tóquio.

No encerramento da exposição, que teve lugar no Dia de Portugal, a exposição foi visitada ainda pelos mais de 300 convidados da celebração.

Antes da capital japonesa, a exposição com curadoria do arquiteto português André Campos, já tinha sido mostrada no final de 2012 em Seul, na República da Coreia.

A mostra, com curadoria do arquiteto português André Campos, expôs 50 trabalhos realizados para concursos lançados pelo Prémio Pritzker de 2011 nos últimos 30 anos, recorrendo a desenhos, fotografias, projetos e maquetas.

Visou também «dar a conhecer o trabalho de um dos mais prestigiados arquitetos a nível nacional e contribuir para difundir a excelência da arquitetura e da construção portuguesas à luz da realização dos Jogos Olímpicos de Inverno, em 2014, na Rússia, e do Mundial de Futebol da FIFA, em 2018».

No âmbito da exposição foi projetado o filme documentário 10 Perguntas à Mesa sobre Souto de Moura, realizado por Takashi Sugimoto, realizador japonês residente em Portugal.

Mais do que uma exposição sobre o ‘produto final’ da arquitetura, a escolha dos materiais exibidos (os esquissos iniciais do arquiteto e materiais de apoio no desenvolvimento dos projetos, a par das fotografias e maquetes) deu visibilidade ao habitualmente invisível método de trabalho, por detrás da tangibilidade da arquitetura.

Durante o período da exposição, e tendo em conta as dimensões da Galeria Hillside Forum, foi mostrada a exposição de cartazes Azulejo Português: Diálogos Contemporâneos, produzida pelo Museu Nacional do Azulejo para o Camões, IP, destinada a itinerância internacional, complementada por trabalhos de dois artistas japoneses, Jun Shirasu e Haru Ishii.

 

 

Tópicos neste artigo:
Camões, I.P.
Usamos cookies no nosso site para lhe proporcionar uma melhor experiência de utilização.