Fotógrafo Edgar Martins expõe “The Time Machine” em Londres

Publicado em sexta, 02 agosto 2013 17:37

A exposição “The Time Machine”, do fotógrafo português Edgar Martins, estará patente na galeria Photofusion, em Londres, de 6 a 28 de setembro de 2013, uma iniciativa apoiada pelo Camões – Instituto da Cooperação e da Língua.

A exposição partiu de um convite da Fundação EDP a Edgar Martins para que este registasse os projetos hidráulicos da empresa elétrica portuguesa. Assim, as fotografias revelam “espaços e objetos cujo design grandioso e progressivo atesta o alcance e ambição da visão para a qual foram construídos”, conforme o comunicado da galeria londrina Photofusion.

Grande parte das 20 centrais fotografadas por Edgar Martins foi edificada entre os anos 1920 e 1970, “num tempo em que Homem e máquina previam um futuro partilhado”. De acordo com a Photofusion, a imagens aludem ao “paradoxo dessa impossibilidade”, uma vez que hoje as centrais são "dirigidas por computador", com um número de funcionários muito inferior ao previsto aquando da sua construção.

Nascido em Évora, em 1977, Edgar Martins cresceu em Macau, na China. Em 1996 mudou-se para o Reino Unido onde completou o mestrado em Photography and Fine Art, no Royal College of Art, em Londres. O fotógrafo tem diversas exposições internacionais e venceu prémios como o New York Photography Award, em 2008, e o SONY World Photography Award, em 2009.

Os interessados poderão adquirir, na galeria Photofusion, a monografia “The Time Machine: An incomplete and semi-objective survey of hydropower stations”, de Edgar Martins, assim como ensaios da autoria de Geoff Dyer e João Pinharanda.

A tournée internacional desta exposição, produzida pela Fundação EDP, conta com o apoio da Fundação Calouste Gulbenkian no Reino Unido e do Camões – Instituto da Cooperação e da Língua. 

 

 

Tópicos neste artigo:
Camões, I.P.
Usamos cookies no nosso site para lhe proporcionar uma melhor experiência de utilização.