Companhia de dança Quorum Ballet apresenta "Lago dos Cisnes" em Xangai e Wuxi

Publicado em sexta, 16 agosto 2013 11:32

Uma visão contemporânea do clássico dos clássicos – O Lago dos Cisnes, de Tchaikovski – é o que promete o espetáculo que a companhia portuguesa de dança contemporânea Quorum Ballet vai levar à China em setembro.

Em Xangai, no Centro de Artes Orientais, a 14 de setembro, e em Wuxi, no Grande Teatro, a 18 de setembro, o Quorum Ballet dá início à nova temporada «com uma original versão contemporânea do bailado clássico», a nova criação de Daniel Cardoso, diretor artístico da companhia, «numa arrojada produção cénica e artística».

«O dia nasce do lado de lá do muro do Asilo. Lá dentro a loucura tomou o lugar do quotidiano, e os que ali habitam esquecem‐se de quem foram. As vozes e os desejos são abafados pelas paredes gigantes deste exílio silencioso. No Asilo, as enfermeiras são as Rainhas, mestras que comandam os movimentos dos pacientes; uma mulher limpa os desejos negros dos outros na sombra; e um homem prisioneiro de um corpo enfermo, e da sua loucura, transforma os seus desejos de Pássaro nos corpos dos pacientes» - é este o mote do espetáculo.

O Quorum Ballet, criado em 2005 pelo coreógrafo e bailarino Daniel Cardoso, define-se como «uma companhia de dança contemporânea de repertório que apresenta um elevado nível de exigência, rigor e qualidade nos seus espetáculos». Atualmente, tem uma estrutura composta por 8 bailarinos, tendo apresentado mais de 25 produções, nas quais se incluem trabalhos coreográficos para crianças e jovens.

A nível internacional, a companhia apresentou as suas peças na Dinamarca, EUA/Nova Iorque, Polónia, Singapura, Macau, China, Chipre, Sérvia e Espanha, tendo em 2013 digressões na Dinamarca, Croácia, China, Brasil, Espanha, França e Bahrein.

 

 

Tópicos neste artigo:
Camões, I.P.
Usamos cookies no nosso site para lhe proporcionar uma melhor experiência de utilização.