Saúde é crucial na Agenda do Desenvolvimento, afirma deputada Mónica Ferro

Publicado em terça, 16 julho 2013 14:33

A Saúde é crucial para o Desenvolvimento e é um Direito Humano, defendeu a deputada social-democrata Mónica Ferro numa entrevista dada à organização “Action for Global Health”, uma rede europeia de Organizações Não Governamentais para o Desenvolvimento (ONGD).

De acordo com a parlamentar portuguesa, a opinião pública deve ser mobilizada no sentido de percecionar a Cooperação para o Desenvolvimento como um investimento no bem-estar e na Saúde à escala global.

Mónica Ferro, que é deputada na Assembleia da República desde 2011 e também professora na Universidade de Lisboa, é responsável do Grupo de Todos os Partidos para a População e o Desenvolvimento. Tem vindo a distinguir-se internacionalmente no campo da Saúde Sexual e Reprodutiva e Direitos Humanos.

Defensora convicta do papel prioritário que a Saúde deve ter na agenda do Desenvolvimento e no pós-2015, Mónica Ferro considera que as pessoas que têm acesso à saúde são “mais produtivas, mais inovadoras e mais felizes”. Relaciona a Saúde à Segurança e à Política pois, na sua opinião, “a Saúde é uma condição primordial para a Paz e o Desenvolvimento”.

Na entrevista, Mónica Ferro explica o seu conceito de “ser saudável”: significa a possibilidade de “aceder a serviços de cuidados de saúde (da prevenção ao tratamento), a adequados níveis de nutrição e a uma vida plena”.

“As pessoas vulneráveis têm que ser capacitadas, de modo a poder exercer os seus direitos e a que todas as formas de discriminação sejam assim ultrapassadas”, sustenta.

“Ser  saudável significa estar ativamente envolvido no Desenvolvimento”, afirma a deputada portuguesa.

 

 

Tópicos neste artigo:
Camões, I.P.
Usamos cookies no nosso site para lhe proporcionar uma melhor experiência de utilização.