Prémio António José da Silva: júri luso-brasileiro elege obra de Gabriela Amadeu (Brasil)

Publicado em quinta, 07 novembro 2013 14:18

O texto Luiz Gama ou O Diabo Coxo, de Gabriela Coelho Rabelo Amadeu (Brasil) é a obra selecionada pelo júri luso-brasileiro da 7ª edição do Prémio de Dramaturgia António José da Silva, uma iniciativa do Camões, Instituto da Cooperação e da Língua, em parceria com a Fundação Nacional de Artes – Funarte.

A obra eleita pelo júri concorreu com outros três finalistas de autores brasileiros e com os quatro finalistas portugueses.

Os jurados concederam menção honrosa ao texto Quando a Noite Cai, de Luís Miguel da Silva Lopes (Portugal).

O Prémio Luso-Brasileiro de Dramaturgia António José da Silva tem como objetivo incentivar a escrita dramática em todos os seus géneros e impulsionar o aparecimento de novos dramaturgos da língua portuguesa, reforçando a cooperação cultural entre Portugal e o Brasil.

O regulamento prevê a concessão de um prémio no valor de 15 mil euros ao autor vencedor, bem como a edição do texto contemplado, em ambos os países.

Site da Funarte: http://www.funarte.gov.br/

 

 

Tópicos neste artigo:
Camões, I.P.
Usamos cookies no nosso site para lhe proporcionar uma melhor experiência de utilização.