Alexandra Lucas Coelho vence Grande Prémio de Romance e Novela

Publicado em sexta, 29 novembro 2013 13:42

O romance “E a noite roda”, de Alexandra Lucas Coelho, é o vencedor do Grande Prémio de Romance e Novela da Associação Portuguesa de Escritores (APE), prémio patrocinado pelo Camões - Instituto da Cooperação e da Língua, entre outros.

O prémio, no valor de 15 mil euros, foi atribuído por unanimidade por um júri constituído por José Correia Tavares, que presidiu, Ana Marques Gastão, Clara Rocha, Isabel Cristina Rodrigues, Luís Mourão e Manuel Gusmão.

“E a noite roda”, editado em março do ano passado pela Tinta da China, marcou a estreia literária de Alexandra Lucas Coelho, no romance.

Na ocasião, em declarações à Lusa, a escritora e jornalista afirmou que o que lhe interessava "daqui para a frente" era "o romance", que definiu como “um espaço de liberdade”, na medida em que “se pode fazer com os materiais [reais] tudo o que se quiser”.

“Tudo o que me interessa é o real, eu não gosto da palavra ficção sequer, a literatura que me interessa lida com o real”, disse, daí a preferência pela liberdade do romance.

“A liberdade é o que diferencia o jornalismo da literatura, é a possibilidade de fazer com os materiais tudo o que quiser. Eu posso lidar com as minhas memórias, a minha experiência, as minhas circunstâncias de viagens como repórter e cruzá-las com memórias de outras pessoas. Compor um universo a partir da transformação de todas essas matérias, isso é que é literatura”, sentenciou Alexandra Lucas Coelho.

Lucas Coelho tinha até então publicado cinco livros de viagens, e este ano saiu um sexto, intitulado “Vai, Brasil”.

Alexandra Lucas Coelho, de 45 anos, estudou teatro e licenciou-se em Ciências da Comunicação na Universidade Nova de Lisboa.

Durante dez anos trabalhou na rádio, colaborando atualmente com a RDP. Desde 1998 é jornalista no Público. Entre outros, já recebeu os prémios de reportagem do Clube Português de Imprensa, Casa da Imprensa e o Grande Prémio Gazeta 2005.

À edição deste ano do Grande Prémio de Romance e Novela concorreram “80 títulos, de igual número de escritores, 52 homens e 28 mulheres, com a chancela de 41 editoras, uma das participações mais altas de sempre”, segundo o comunicado da APE.

O galardão, criado há 31 anos, já distinguiu 27 autores, de 17 editoras, havendo apenas quatro escritores que receberam o prémio por duas vezes: Vergílio Ferreira, António Lobo Antunes, Agustina Bessa-Luís e Maria Gabriela Llansol.

O galardão é patrocinado pela Direcção-Geral do Livro, dos Arquivos e das Bibliotecas, pela Câmara Municipal de Grândola, a Fundação Calouste Gulbenkian, a Imprensa Nacional-Casa da Moeda, o Camões, IP,  a Sociedade Portuguesa de Autores, e será entregue em data a anunciar.

Com LUSA

 

 

Tópicos neste artigo:
Camões, I.P.
Usamos cookies no nosso site para lhe proporcionar uma melhor experiência de utilização.