Moçambique: Mestrado prepara para carreira em organizações internacionais

Publicado em sexta, 06 dezembro 2013 11:08

As organizações africanas e internacionais necessitam de intérpretes de língua portuguesa e o Mestrado em Interpretação de Conferência da Universidade Pedagógica de Moçambique (UPM), com sede em Maputo, abriu candidaturas para a sua 2ª edição, uma oportunidade para quem domina também inglês e/ou francês e ambiciona fazer uma carreira internacional.

Os primeiros diplomados do mestrado de dois anos trabalham para a União Africana, a Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental (CEDEAO), o Banco Africano para o Desenvolvimento (BAD) e a Comunidade para o Desenvolvimento da África Austral (SADC), entre outras organizações africanas.

O prazo da 3ª chamada das candidaturas ao Mestrado em Interpretação de Conferência – curso que tem o apoio da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, do Camões, IP, da Direção Geral de Interpretação da Comissão Europeia, no âmbito do ‘Projeto Africano de Interpretação de Conferência e de Tradução’, e da Organização das Nações Unidas - termina a 15 de janeiro, decorrendo a formação entre fevereiro de 2014 e novembro de 2015.

Os interessados, que terão de apresentar um conjunto de documentação na apresentação da candidatura junto da UPM, serão submetidos a um processo de seleção, compreendendo exames escritos e orais, que se prolonga até 14 de fevereiro de 2014.

A Interpretação de Conferência diz respeito à «transposição oral de uma mensagem de uma língua para a outra, com naturalidade e fluência, em contexto de Conferência», explicam os promotores do curso.

O Mestrado em questão tem uma orientação «profissionalizante» e a formação é «prática, intensiva e interativa». O estudante, a quem é exigida uma licenciatura em qualquer área, pode optar pela combinação Inglês-Português, Francês-Português ou Inglês-Português-Francês.

A parte letiva, ministrada presencialmente e por módulos na Faculdade de Ciências da Linguagem, Comunicação e Artes (FCLCA) da UPM, é composta por cadeiras de especialização técnica (interpretação consecutiva e interpretação simultânea), cadeiras de língua e cadeiras de deontologia, cultura e política. O curso termina com um exame prático profissionalizante.

Informações: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Vídeo sobre o Projeto Africano de Interpretação de Conferência e de Tradução: http://ec.europa.eu/dgs/scic/international-cooperation/interpreting-for-africa/index_pt.htm

Ver documento

 

 

Tópicos neste artigo:
Camões, I.P.
Usamos cookies no nosso site para lhe proporcionar uma melhor experiência de utilização.