Macau: IPOR recebe medalha de mérito cultural da RAEM

Publicado em sexta, 06 dezembro 2013 11:13

O Instituto Português do Oriente (IPOR) vai ser agraciado a 13 de dezembro com a medalha de mérito cultural da Região Administrativa e Especial de Macau (RAEM).

A proposta de agraciamento foi formulada Comissão de Designação de Medalhas e Títulos Honoríficos.

Na mesma ocasião será igualmente distinguida com a Medalha por Serviços Comunitários Amélia António, Presidente da Casa de Portugal.

O IPOR é uma associação detida maioritariamente pelo Estado português (representado pelo Camões, IP) e pela Fundação Oriente e outras entidades.

Tem como missão «preservar e difundir a língua e a cultura portuguesas no Oriente, com vista à continuidade e aprofundamento do diálogo intercultural», «participar no apoio às comunidades de raiz cultural portuguesa», concorrer para o intercâmbio e a cooperação entre Portugal e a RAEM e contribuir para que a RAEM «reforce o diálogo Oriente–Ocidente».

Com a última alteração dos Estatutos do IPOR, publicada a 27 de maio de 2009, no Boletim Oficial da RAEM, consignou-se a «vocação prioritária» da instituição para «promover o ensino da língua portuguesa, enquanto língua oficial consagrada na Lei Básica da RAEM, assegurando o seu ensino não curricular como língua de trabalho em articulação com instituições representativas das atividades profissionais de Macau».

A ação cultural é também uma vertente complementar da difusão da língua portuguesa pelo IPOR.

 

 

Tópicos neste artigo:
Camões, I.P.
Usamos cookies no nosso site para lhe proporcionar uma melhor experiência de utilização.