Angola: Programa “Saber Mais” em Encontro do Instituto Nacional de Formação de Quadros

Publicado em segunda, 09 dezembro 2013 18:48

O Programa “Saber Mais” marcou presença no Encontro Técnico do Instituto Nacional de Formação de Quadros de Angola, que durante quatro dias decorreu em Luanda, subordinado ao tema “Professor – emprego, profissão ou missão?”.

Na sua intervenção, os responsáveis do “Saber Mais” destacaram o papel dos Centros de Recursos na estratégia de ensino e apoio à formação inicial e contínua, referindo-se ao facto de estes possibilitarem a realização de consultas bibliográficas e a utilização das Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC).

Por sua vez, este acesso facilita a dinamização de atividades extracurriculares e de formação contínua, bem como a construção de materiais didático/pedagógicos, através de uma rede de docentes de apoio.

A participação do “Saber Mais” naquele evento, realizado de 2 a 5 de dezembro de 2013, esteve a cargo do seu coordenador-geral e das coordenadoras científico-pedagógicas de Benguela, Cabinda e Namibe.

No Encontro, presidido pelo ministro da Educação angolano, Pinda Simão, estiveram representadas as Direções das Escolas de Formação de Professores de Angola.

As instituições de formação de professores, de ensino primário e primeiro ciclo do ensino secundário, tiveram assim a oportunidade de partilhar os balanços do trabalho realizado no ano letivo que agora finda, na perspetiva de reflexão sobre as suas práticas e procura de sugestões para o trabalho futuro.

A busca da qualidade norteou os debates sobre a gestão do currículo na formação inicial de professores, a avaliação das aprendizagens, o ensino inclusivo, a perspetiva de género, o papel da inspeção da educação, a importância da informação estatística, as atividades extracurriculares, a formação contínua dos docentes em exercício e decorrentes processos de avaliação, acreditação e certificação.

As jornadas de trabalho revelaram um alto nível de intervenções, contribuindo para sugestões de melhoria da gestão curricular e procedimentos de formação que o Ministério da Educação pretende recolher, para análise e eventual implementação. Foi ainda expressa a intenção de imprimir uma periodicidade anual a este Encontro.

 

 

Tópicos neste artigo:
Camões, I.P.
Usamos cookies no nosso site para lhe proporcionar uma melhor experiência de utilização.