Bué Sabi vence Prémio Camões para melhor curta-metragem lusófona

Publicado em terça, 14 janeiro 2014 08:42

A curta-metragem “Bué Sabi”, de Patrícia Vidal Delgado, foi distinguida com o Prémio Camões atribuído pelo Festafilm 2013, Festival de Cinema Lusófono e Francófono de Montpellier, cuja 6ª edição decorreu de 28 de novembro a 1 de dezembro de 2013.

O júri do certame, presidido pelo realizador português João Viana, atribuiu pelo 2º ano consecutivo o Prémio Camões para a Melhor Curta-Metragem lusófona. A obra selecionada retrata a amizade improvável de três personagens femininas: uma cigana que vive na periferia de Lisboa, a sua melhor amiga cabo-verdiana e uma jovem portuguesa da classe média/alta.

“Bué Sabi” é uma curta de 20 minutos. Patrícia Vidal Delgado nasceu em Lisboa em 1987 e estudou na Central St Martins University of the Arts London e na Slade School of Fine Art, University College London.

A sua obra inclui vídeo, som e performance e procura explorar o conceito do ‘feminino’. Os seus trabalhos já foram mostrados em festivais internacionais de vídeo e galerias de arte em Budapeste, Stuttgart, Zürich, Lisboa, Luanda, Marrakech, Londres e Rio de Janeiro.

A sua primeira curta-metragem narrativa, “Bué Sabi”, játinha sido distinguida com o Prémio Estreia Mundial Curta-Metragem no Festival de Cinema de Avanca 2013 e com o Primeiro Prémio (em ex aequo) no FARCUME 2013, o Festival de Curtas-Metragens de Faro.

 

 

 

Tópicos neste artigo:
Camões, I.P.
Usamos cookies no nosso site para lhe proporcionar uma melhor experiência de utilização.