Apresentação da obra “Os Portugueses e o Mundo”, de Raquel Vaz-Pinto

A obra “Os Portugueses e o Mundo”, de Raquel Vaz Pinto, novo número da coleção “Ensaios” da Fundação Francisco Manuel dos Santos (FFMS), vai ser apresentada em Lisboa, na sede do Camões, I.P., a 6 de novembro de 2014, às 18:30, por Miguel Monjardino, professor e especialista em Relações Internacionais.

Na sessão participam também Jaime Gama, antigo Ministro dos Negócios Estrangeiros português, e Paul Ames, da Associação da Imprensa Estrangeira em Portugal.

Ao longo de uma centena de páginas, procuram-se respostas para questões diversas: como olham os portugueses para este mundo do século XXI e o que pensam sobre os atores e questões internacionais? Devemos promover a democracia e os direitos humanos? Quais são as expectativas em relação ao papel da Europa na política internacional? Olhamos para a China como ameaça ou oportunidade?

E temos mesmo uma opinião favorável dos EUA? Numa época em que a presença do “internacional” no nosso quotidiano é inegável e tem um papel essencial na vida coletiva, desde a opção europeia ao crescente impacto das potências asiáticas e à interdependência das várias economias a nível global, este ensaio procura compreender o que pensam os portugueses sobre o mundo.

Raquel Vaz-Pinto nasceu em Luanda em 1973. É professora de Relações Internacionais e, desde 2012, presidente da Associação Portuguesa de Ciência Política. Tem trabalhado e publicado sobre política externa e estratégia da China, Direitos Humanos, grande estratégia dos EUA e a Ásia-Pacífico. É casada e vive no Alentejo.

Na seleção dos temas a tratar, a coleção “Ensaios” reflete os princípios estatutários da FFMS: conhecer Portugal, pensar o país e contribuir para a identificação e resolução dos problemas nacionais. Promovendo o debate público, resume-se em duas palavras o desígnio desta coleção: pensar livremente.

 

 

 

 

Camões, I.P.
Usamos cookies no nosso site para lhe proporcionar uma melhor experiência de utilização.