Difusão do Português no mundo em análise no novo livro de Maria Helena Mira Mateus

A difusão do português no mundo e a relação entre língua e cultura são temas em foco na obra “A Língua Portuguesa, Teoria, Aplicação e Investigação”, de Maria Helena Mira Mateus, professora catedrática jubilada da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa (FLUL), que vai ser apresentada no Camões, I.P. a 11 de novembro de 2014, às 18:00.

“Onde estão as marcas da nossa identificação?” – Esta é uma pergunta central ao longo do livro, que tem a chancela das Edições Colibri e é constituído por artigos consagrados ao estudo das línguas, resultados da investigação sobre questões particulares do português e sugestão de estratégias adequadas para a difusão deste idioma no mundo.

Considerando que a relação entre língua e cultura é um tema que ultrapassa as análises exclusivamente linguísticas, a autora expõe sumariamente as posições de filósofos e linguistas que se pronunciaram, em diversas épocas, sobre esta inter-relação.

Numa segunda parte, são discutidos aspetos concretos dos problemas resultantes do ensino do português como língua não materna, tendo presente que a escola atual é um lugar de diversidade multilinguística e multicultural.

Questões gramaticais que preocupam gramáticos e linguistas do século XVI até ao presente são analisadas na Parte III. A obra termina com um capítulo dedicado à teoria e aplicações da fonologia, em que é evidenciada a importância da investigação neste domínio.

Na sessão do próximo dia 11, a apresentação da obra “A Língua Portuguesa, Teoria, Aplicação e Investigação” estará a cargo de Carlos A.M. Gouveia, professor da FLUL, numa cerimónia a decorrer no Salão Nobre do Palacete Seixas, que contará com a presença da presidente do Camões, I.P., Ana Paula Laborinho.

Maria Helena Mira Mateus foi presidente da direção do Instituto de Linguística Teórica e Computacional (1985-2013). Fundou e presidiu à direção da Associação de Professores de Português e da Associação Portuguesa de Linguística. Foi Vice-Reitora da Universidade de Lisboa.

Linguística portuguesa (fonologia e prosódia) e política da língua são as suas principais áreas de investigação. Tem sido responsável por projetos de apoio ao ensino do português a alunos imigrantes. Como professora e investigadora realizou a edição crítica da “Vida e Feitos de Júlio César” (século XV).

É autora de diversas obras de linguística, publicadas individualmente e em colaboração, e também de inúmeros artigos divulgados por revistas nacionais e estrangeiras.

 

 

 

 

Camões, I.P.
Usamos cookies no nosso site para lhe proporcionar uma melhor experiência de utilização.