Artista checo Jiří Voves apresenta “Autopsicografia”, novo olhar sobre Pessoa

A exposição de pintura gráfica “Autopsicografia - Desassossego da imagem e da palavra: Pessoa / Voves”, do pintor checo Jiří Voves, inspirada na obra de Fernando Pessoa, vai ser inaugurada na sede do Camões – Instituto da Cooperação e da Língua (Palacete Seixas, Av. da Liberdade, 270 – Lisboa) a 27 de junho de 2013, pelas 18h30.

«Ao ter ilustrado tantos os seus livros, diria que me sinto influenciado por Pessoa, esse homem cheio de contradições, uma espécie de Kafka português, mas ainda muito mais complexo.” afirmou Jiří Voves a propósito de “Autopsicografia”, anteriormente exibida em Praga.

Do mesmo artista, inaugura na Casa Fernando Pessoa, um dia antes, a 26 de junho, uma mostra de Desenhos, com o mesmo nome, e que poderá ser visitada até ao próximo dia 28 de setembro. Já a exposição no Camões IP, constituída pela vertente de pintura gráfica, ficará patente ao público até 30 de agosto de 2013. Jiří Voves estará presente em ambas as inaugurações.

Nascido em 1945, Jiří Voves destaca-se no panorama das artes plásticas checas pelo tom intimista da sua obra, ao assumir uma conceção clássica do desenho, da gravura e da pintura. Entre 1963 e 1972, o pintor passou pela Universidade Técnica de Praga (ČVUT) e pela Academia de Artes Plásticas de Praga (AVU).

Jiří Voves, que tem vindo a expor com regularidade em exposições coletivas e individuais, é ainda responsável por diversas edições gráficas e ilustrações de livros como “Ulisses”, de James Joyce, ou “Fausto” e “O Banqueiro Anarquista”, de Fernando Pessoa.

As duas exposições contam com o apoio da Embaixada da República checa na capital portuguesa.

 

 

Camões, I.P.
Usamos cookies no nosso site para lhe proporcionar uma melhor experiência de utilização.