Língua e Cultura em Notícias

Eventos realizados em vários países dos cinco continentes, envolvendo a Divulgação da Língua e Cultura Portuguesa.

Número 118 ·   24 de Outubro de 2007 ·   Suplemento do JL n.º 967, ano XXVII

 

Língua e Cultura em Notícias

EUROPA

Áustria

Em Outubro, o CLP/IC de Viena esteve representado na celebração do Dia Internacional das Línguas Estrangeiras na comunidade de Meidling, na capital da Áustria. Na Biblioteca Municipal, onde esteve patente uma exposição de obras literárias de autores lusófonos, algumas também em tradução alemã, o responsável pelo Centro fez uma palestra sobre a diversidade geográfica e cultural dos países de língua oficial portuguesa.

A palestra foi repetida na Universidade Popular, onde Maria Vatanzadeh, uma das responsáveis pelo ensino do português naquele estabelecimento, fez também a demonstração de uma aula para principiantes, complementada pela apresentação de uma plataforma para a aprendizagem da língua.

Bélgica

Em Bruxelas, no Centro de Conferências Albert Borschette, no dia 21 de Setembro, co-presidida pelo Comissário Europeu para o Multilinguismo, Leonard Orban, e pela Presidente do Instituto Camões, Simonetta Luz Afonso, no âmbito da Presidência Portuguesa, decorreram trabalhos de reflexão sobre Empresas, Línguas e Competências Interculturais.

Os trabalhos, iniciados por Leonard Orban e Simonetta Luz Afonso, desenvolveram três temáticas: Línguas e Desenvolvimento Regional, Procura e Oferta de Competências Linguísticas nas Empresas e Promoção da Aprendizagem de Línguas nas Empresas.

António Gomes de Pinho, Presidente do Conselho de Administração da PORTGÁS e Presidente do Conselho de Administração da Fundação de Serralves foi um dos oradores.

Odile Quintin, Directora-Geral da Comissão de Educação e Cultura, fechou os trabalhos.

Espanha

A participação portuguesa nas VII Jornades Poètiques da Associació Col.legial d\'Escriptors de Catalunya esteve assegurada pela poetisa Teresa Rita Lopes, que realizou, no dia 2 de Outubro, no Ateneu Barcelonès, uma leitura de poemas significativos da sua obra. O CLP/IC de Barcelona apoiou a iniciativa.

As II Jornadas de Língua Portuguesa e Culturas Lusófonas realizaram-se nos dias 5 e 6 de Outubro na Facultad de Biblioteconomía Plazuela Ibn Marwan, em Badajoz. O Instituto Camões apoiou a iniciativa e participou com a comunicação «Multilinguismo e Intercompreensão», por Fernanda Barrocas.

França

Por iniciativa do CCP/IC em Paris, da Embaixada de Portugal, e da Delegação AICEP decorreu, no dia 9 de Setembro, a Journée découverte dês 20 nations, integrada no programa La mêlée des cultures que o museu Quai Branly realizou em Paris durante o campeonato mundial de rugby. O evento reuniu milhares de pessoas, que assistiram às manifestações e às provas gastronómicas dos vinte países representados.

No âmbito do Dia Internacional do Multilinguismo, o CCP/IC em Paris participou, no dia 26 de Setembro, numa jornada intitulada «La culture em V.O.», organizada pelo Gabinete do Ministério da Cultura francês. A abertura do colóquio esteve a cargo de Eduardo Lourenço e teve como tema «A cultura europeia». A sessão encerrou com a exibição do filme A Costa dos Murmúrios. Para além deste evento, o Centro Cultural Português realizou sessões de iniciação à língua e culturas portuguesa, testes de nível de conhecimento da língua, gratuitos e abertos ao público em geral.enc

A cidade francesa de Angers prestou homenagem a Eça de Queirós, que aqui viveu e escreveu o romance O Mandarim. No dia 4 de Outubro, no número 12 da Rua Saint-Aubin, antiga morada do escritor português, foi descerrada uma placa comemorativa. Na ocasião, os arquivos municipais, em colaboração com José-Augusto França e Marie-Thérèse Mandroux-França, organizaram uma jornada de estudo intitulada «Eça de Queirós à Angers», que teve lugar no auditório do museu de Belas-Artes.

A Festa da Leitura teve lugar na Gulbenkian em Paris, no dia 20 de Outubro. Com a colaboração do Instituto Camões e dos departamentos de português das universidades de Paris III, IV e VIII, a iniciativa compreendeu a leitura de textos de José Saramago, António Lobo Antunes e Mia Couto e de excertos de «Nacional e Transmissível» (em homenagem a Eduardo Prado Coelho), um concerto de fado, exposições e a leitura do conto tradicional português «A história da Carochinha», pela Leitora do IC, Adelaide Cristóvão.

Hungria

encNo dia 19 de Outubro, o Teatro Praga apresentou na Hungria o espectáculo Eurovision, no âmbito do Festival de Outono de Budapeste. 

O Instituto Camões participou mais uma vez neste reconhecido festival, depois de, em 2006, ter convidado o coreógrafo Tiago Guedes para mostrar o seu trabalho. 

Eurovision foi a primeira peça portuguesa apresentada em Budapeste.

Portugal

A minha mulher, de José Maria Vieira MendesA minha mulher, da autoria de José Maria Vieira Mendes, estreou no dia 19 de Setembro no Teatro Nacional D. Maria II, em Lisboa, e esteve em cena até 14 de Outubro. A peça venceu a 1.ª edição do Prémio Luso-Brasileiro de Dramaturgia António José da Silva, uma iniciativa do Instituto Camões, Funarte (Fundação Nacional de Arte - Brasil), Instituto das Artes e Teatro Nacional D. Maria II. O Prémio, no valor monetário de 15.000 €, foi entregue ao autor, logo após a estreia, numa cerimónia presidida por Simonetta Luz Afonso.

Com a presença da Presidente do Instituto Camões, realizou-se, no dia 8 de Outubro, no Instituto Cervantes, em Lisboa, a apresentação da obra Luís Vaz de Camões - Los Lusíadas. Poesías. Prosas, camõesuma edição da Biblioteca de Literatura Universal, coordenada pela filóloga Elena Losada Soler, professora de Literatura Portuguesa na Universidade de Barcelona. A apresentação esteve a cargo de Elena Losada Soler e Hélder Macedo, que também assina o prefácio da obra.

Esta edição reúne não só a tradução de Os Lusíadas, mas também a peça de teatro Auto de Filodemo, três cartas e toda a lírica do poeta. Sabendo que a tradução da lírica de Camões (para muito especialistas, o seu melhor registo) não era editada em Espanha desde 1914, assume-se de extrema importância a edição desta obra.

República Checa

O CLP/IC em Praga organizou durante o mês de Outubro um conjunto de actividades culturais em torno da temática «A Herança Árabe em Portugal». No dia 4 de Outubro, no Centro Europeu de Praga, decorreram as comunicações «Estudar e trabalhar em Portugal», pelo Leitor Joaquim Ramos, e «A Presidência Portuguesa da UE», por Luís Gaspar da Silva, tendo sido também inaugurada a exposição do Instituto Camões «Portugal - Património da Humanidade». Seguiram-se a projecção de Vai e Vem, de João César Monteiro (09/10) e a inauguração da exposição «Na Rota dos Navegadores Portugueses», de Michael Teague (15/10). No dia 23 de Outubro teve ainda lugar o serão cultural Herança Árabe em Portugal, com prova de chás, em ambiente árabe, com tertúlia sobre temas da vida e da história muçulmana na Península Ibérica, integrando poesia e música portuguesa.

Rússia

O Instituto Camões organizou a primeira Semana de Língua Portuguesa em Moscovo, que decorreu entre 24 e 28 de Setembro, no Grande Auditório da Biblioteca para Literatura Estrangeira, na capital russa. A Embaixada de Portugal e a Embaixada do Brasil na Federação da Rússia, o Departamento Cultural do Ministério das Relações Exteriores do Brasil e a Biblioteca Estatal Russa para Literatura Estrangeira Margarida Rudomino associaram-se a esta acção cultural. O dia 24 ficou marcado pela conferência de Carlos Reis: «Eça de Queirós, o século XIX e a poética da narrativa», pela comunicação de José Miguel Wisnik: «Os contos de Machado de Assis - uma apresentação» e pelo lançamento do livro Contos Escolhidos, de Machado de Assis, e História Concisa de Portugal, de José Hermano Saraiva. No dia 27, Maria João Sigalho proferiu a palestra «Cinema de autor e da produção independente em Portugal» e o realizador Pedro Costa apresentou o seu filme Juventude em Marcha. No último dia da Semana de Língua Portuguesa em Moscovo decorreram as conferências «Literatura e Música Popular no Brasil», de José Miguel Wisnik, e «Que língua estamos a falar aqui? O português transnacional de Terra Estrangeira», de Lúcia Nagib. A apresentação do filme Terra Estrangeira, de Walter Salles e Daniela Thomas, fechou a semana na capital russa.

Suécia

Ivo Castro«As Raízes Lusas do Português» foi o tema apresentado pelo professor Ivo Castro na Universidade de Estocolmo, no dia 4 de Outubro, a convite da Secção de Português do Departamento de Espanhol, Português e Estudos Latino-Americanos e do CLP/IC, daquela instituição.

A palestra encerrou uma semana marcada por encontros dedicados à língua portuguesa, dos quais se destacam ainda o seminário de Ivo Castro intitulado «Entre a Língua e a Literatura: os Manuscritos dos Escritores Portugueses Modernos (Pessoa, Camilo e Eça de Queirós)» para doutorandos de Português e Espanhol e diversas sessões de trabalho com aqueles estudantes.

Participou também nas sessões de trabalho a professora Isabel Leiria, da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa.

 

Suíça

No dia 29 de Setembro foi inaugurada, no Museu de Arquitectura de Basel, a exposição do arquitecto português Pancho Guedes, que teve como comissário o arquitecto Pedro Gadanho.

Na cerimónia de abertura, que contou com a presença de diversas personalidades da vida política, académica, empresarial e social do cantão de Basel, intervieram Francesca Ferguson, directora do Museu de Arquitectura, o Ministro da Cultura do governo do cantão de Basileia, Pedro Gadanho e Pancho Guedes.

A mostra distribui-se por três salas e é composta por pinturas em tela, maquetes, projectos arquitectónicos e desenhos a carvão. A Embaixada de Portugal em Berna apoia a iniciativa, patente ao público até Janeiro de 2008.

 

ÁFRICA

Angola

As instalações do CCP/IC em Luanda serviram de cenário ao 4.º Encontro das Fundações da CPLP, nos dias 20 e 21 de Setembro. O Encontro foi antecedido pela exibição do documentário Mãe Jú, de Kiluange e Inês Gonçalves, sobre géneros musicais urbanos de Angola, patrocinado pelo Instituto Camões e pela Fundação Calouste Gulbenkian.

Cabo Verde

A convite do CCP/IC na Cidade da Praia, Francisco Moita Flores deslocou-se a Cabo Verde, para a realização de um programa cultural que teve lugar na Praia e no Mindelo, entre os dias 8 e 13 de Outubro.

A Fúria das Vinhas (2007), Em Memória de Albertina, que Deus Haja! (2004), Não Há Lugar para Divorciadas (2003) e O Carteirista que Fugiu a Tempo (2001) constituíram alguns dos títulos da sua bibliografia disponíveis ao público da Praia e do Mindelo nas sessões de apresentação e de autógrafos que tiveram lugar no Auditório do CCP/IC, no dia 8 de Outubro, e no Pólo no Mindelo, no dia 13 de Outubro.

A área da investigação criminal foi objecto de uma conferência aberta ao público que decorreu no auditório do BCA/Garantia, no dia 12 de Outubro.

Guiné-Bissau

As duas faces da Guerra

O CCP/IC em Bissau apresentou no dia 5 de Outubro o filme-documentário As Duas Faces da Guerra, dos cineastas Diana Andringa (Portugal) e Flora Gomes (Guiné-Bissau).

A película foi rodada na Guiné-Bissau, Cabo Verde e Portugal e integra um conjunto de entrevistas e depoimentos de pessoas que viveram o período da guerra.

Moçambique

O 2.º Festival do Filme Documentário Dockanema teve início no dia 14 de Setembro e decorreu nas cidades de Maputo e Matola, ao longo de dez dias, em quatro salas de projecção (Teatro Avenida, Scala, Centro Cultural Franco-Moçambicano e Auditório Municipal de Matola). A par das projecções, o Festival apresentou o Fórum Dockanema, uma série de seminários, workshops e painéis sobre questões teóricas e técnicas relacionadas com a produção do cinema documentário. Esta actividade, que integrou a agenda cultural da Presidência Portuguesa da UE em Moçambique, foi uma iniciativa da produtora moçambicana Ébano Multimédia, em parceria com várias organizações nacionais e internacionais, entre as quais, o Instituto Camões, Embaixada de Portugal em Maputo, Associação Portuguesa do Documentário (APORDOC) e IPAD.
A participação portuguesa foi notada numa sessão intitulada «Novos Caminhos - Documentário em Portugal», que integrou 21 filmes produzidos a partir da década de 90 e organizada pela APORDOC. Foram convidados a participar no Fórum Dockanema José Manuel Costa, da Cinemateca, e as realizadoras portuguesas Catarina Alves Costa, Susana Sousa Dias e Graça Castanheira.

No âmbito da disciplina «Literatura e Outras Artes», ministrada pela professora Fátima Mendonça na Universidade Eduardo Mondlane, o CCP/IC em Maputo planeou para os estudantes, nos dias 17 e 24 de Setembro, a exibição do filme A Costa dos Murmúrios, de Margarida Cardoso. Decorreu, ainda, no âmbito daquela disciplina, a 3 de Setembro, uma palestra e visita guiada à exposição do acervo de arte do Instituto Camões em Maputo para estudantes da Universidade Eduardo Mondlane, orientada por Fátima Mendonça.

Inauguração da exposição Sonho para o MundoA artista plástica Sílvia Bragança apresentou na galeria do CCP/IC em Maputo, até 6 de Outubro, 27 obras, organizadas em três secções (Pintura em Tela e Papel, Pesquisa na Matemática e Pintura com Recurso ao Computador).

Denominada «Sonho para o Mundo», a mostra foi apoiada pelo CCP/IC em Maputo e pela empresa gráfica Ciedima e retratou temas relacionados com a paz, a opressão e a liberdade.

De 8 a 18 de Outubro decorreu em Maputo, o XIX Curso de Literaturas em Língua Portuguesa, organizado pelo Instituto Camões e pela Universidade Eduardo Mondlane. O curso abriu com a conferência «Línguas: Encontro de Culturas», de Inês Duarte da Universidade de Lisboa e encerrou, no dia 18, com a comunicação «As Literaturas Emergentes e a Angústia da Influência», proferida por Fátima Mendonça, da Universidade Eduardo Mondlane.

 

AMÉRICA

Argentina

A Feira Europosgrados 07 teve lugar nos dias 5 e 6 de Outubro na capital argentina, no edifício Buenos Aires Design. Portugal marcou presença com um stand com representação do Instituto Camões e da Universidade do Porto (UP). Durante o evento foram divulgados os programas de bolsas e cursos de Língua e Cultura Portuguesa do CLP/IC em Buenos Aires e os cursos de pós-graduação da (UP).

Brasil

Durante o mês de Setembro decorreu a XXXIV Jornada de Cinema da Baía apoiada pelo Instituto Camões. A actriz portuguesa Inês de Medeiros fez parte do júri da jornada.

O Congresso Internacional de Língua Portuguesa, Filosofia e Literaturas de Língua Portuguesa foi inaugurado no dia 16 de Setembro no Rio de Janeiro. A iniciativa homenageou Leodegário Amarante de Azevedo Filho, professor jubilado da Universidade Estadual do Rio (UERJ), filólogo e divulgador da literatura portuguesa. No congresso participaram professores, escritores, filólogos, filósofos e investigadores de Portugal. A organização do evento esteve a cargo do Instituto Camões, Fundação Calouste Gulbenkian e Consulado-Geral de Portugal no Rio de Janeiro.

Canadá

Onésimo Teotónio Almeida

No dia 10 de Setembro, na Galeria Almada Negreiros, no Consulado-Geral de Portugal em Toronto, foi inaugurada a exposição «Bom dia, aqui fala a Europa». No primeiro dia da mostra, apoiada pelo Instituto Camões, estiveram presentes, entre outros, o Leitor do IC José Pedro Ferreira, a professora Manuela Marujo e Rita Rolim, docente do IC na Universidade de York.

Ainda neste Consulado-Geral teve lugar, no dia 22 de Setembro, a reunião da Coordenação dos Cursos de Língua e Cultura Portuguesa. O Encontro incluiu a entrega de Diplomas e Certificados de Exames do Sistema de Certificação e Avaliação de Português Língua Estrangeira (SCAPLE) da época de Maio de 2007. Para além desta reunião, foram ainda organizadas pelo Consulado-Geral de Toronto outras iniciativas. No dia 27, decorreu o lançamento do livro de Onésimo Teotónio Almeida, Aventuras de um Nabogador, em colaboração com a Universidade de Brock, e no dia 1 de Outubro, foi iniciado o ano lectivo nas Universidades de York e Toronto, sob o título «Vantagens de aprender português». No dia 18 de Outubro, foi inaugurada a exposição do pintor luso-canadiano, Rui Pimenta, intitulada «In-Bodiment».

Estados Unidos da América

O Instituto Camões e o Departamento de Espanhol e Português da Universidade de Georgetown em Washington D.C. organizaram, no dia 17 de Setembro, no Center for Contemporary Arab Studies Conference Room daquela universidade, a conferência «What Europe do we have in mind when we speak of Europe? A literary approach», proferida por Manuel Frias Martins, da Universidade de Lisboa.

No dia 18, Manuel Frias Martins esteve ainda presente na Rutgers University para a apresentação da palestra «António Gedeão, a sábia poesia». A iniciativa foi organizada pelo Instituto Camões, Consulado-Geral de Portugal em Newark e Rutgers University.

Uruguai

Exposição A Arte do Azulejo em PortugalA 21 de Setembro foi inaugurada, na Biblioteca Juan Lacaze, a exposição «A Arte do Azulejo em Portugal». A exposição esteve patente ao público até 7 de Outubro. A partir de 23 de Outubro, e até 13 de Novembro, poderá ainda ser visitada em Montevideu, no Museu do Azulejo.

As iniciativas são apoiadas pelo IC e pelas Intendências de Colónia e de Montevideu

Nos dias 27, 28 e 29 de Setembro realizou-se, em Montevideu, a «Expo Educa 07», dedicada à divulgação da oferta educativa e formativa nacional e internacional. Expo Educa, em MontevideuA representação nacional foi assegurada pela Embaixada de Portugal em Montevideu, pelo Leitorado do IC, Universidade do Porto e Fundação Calouste Gulbenkian, num stand organizado pela Comissão Europeia. 

A assistência, constituída por estudantes de Língua Portuguesa daquela Universidade, participou na iniciativa, que teve como objectivo a abertura de diálogo para futuros intercâmbios entre instituições educativas uruguaias e europeias.

 

ÁSIA

Índia

O Instituto Camões homenageou Manoel de Oliveira no Festival de Cinema Português, que decorreu entre 24 e 27 de Setembro, no AJK Mass Communication Research Centre Auditorium, Jamia Millia Islamia, em Nova Deli. Os filmes, com legendagem em inglês, compreenderam a retrospectiva da obra do cineasta português organizada pelo CCP/IC em Nova Deli, o Centre for European & Latin American Studies e o AJK Mass Communication Research Centre, Jamia Millia Islamia.

 

Camões, I.P.
Usamos cookies no nosso site para lhe proporcionar uma melhor experiência de utilização.