Língua e cultura em notícias nº 119

Eventos realizados em vários países dos cinco continentes, envolvendo a Divulgação da Língua e Cultura Portuguesa.

Número 119 ·   21 de Novembro de 2007 ·   Suplemento do JL n.º 969, ano XXVII

EUROPA

Alemanha
Expolingua de BerlimO Instituto Camões (IC) representou Portugal na 20.ª Expolingua de Berlim, que decorreu entre os dias 16 e 18 de Novembro, no Centro Russo da Ciência e da Cultura, com mais de 150 expositores de 20 países. Este certame teve a Austrália e a Nova Zelândia como «países convidados» e o russo como \'língua de honra\'.

Da programação portuguesa, destacou-se, a 17 de Novembro, a participação do IC no «curso de sensibilização à aprendizagem do português», da responsabilidade de Catarina Castro, Leitora do IC em Berlim, e Madalena Simões, Leitora do IC em Hamburgo.

No dia 18 de Novembro, Beatriz Silva, Leitora do IC em Colónia, divulgou algumas das actividades culturais desenvolvidas pelos Leitorados do IC na Alemanha, no stand do IC.

Os visitantes do stand tiveram ainda acesso a informação sobre bolsas de estudo, cursos de Português e sobre o Sistema de Exames de Certificação da Língua Portuguesa. Documentários sobre autores lusófonos e vídeos promocionais foram também divulgados durante a Expolingua.

A mostra, visitada anualmente por 15 mil pessoas, contou com o apoio da Embaixada portuguesa e da Delegação do ICEP (Instituto das Empresas para os Mercados Externos) em Berlim.

Bélgica
A exposição intitulada «The Void», dos arquitectos Gonçalo Byrne e Manuel e Francisco Aires Mateus, foi inaugurada no dia 9 de Outubro no Palácio das Belas Artes de Bruxelas, no quadro da Presidência Portuguesa da União Europeia.

A mostra, que tem o patrocínio do Instituto Camões, apresenta um conjunto de grandes maquetes, fotografias e planos de diversos projectos concebidos pelos arquitectos. A inauguração de «The Void» foi precedida por uma conferência dada pelos autores num dos auditórios do Bozar.

Bulgária
O colóquio internacional «Quinze anos de filologia portuguesa», teve lugar nos dias 16, 17 e 18 de Novembro, na Universidade de Sófia. A iniciativa foi organizada pelo Leitorado do Instituto Camões, na Universidade de Sófia Sveti Kliment Ohridski, Faculdade de Letras Clássicas e Modernas, Departamento de Estudos Ibero-americanos e de Estudos Portugueses.

Croácia
Em Zagreb, na Universidade Zadar, o ensino do Português arrancou em Outubro, após a assinatura, no dia 24, do Protocolo de Cooperação entre o Instituto Camões e aquela Universidade. A primeira aula foi dada por Danislav Jeraj, bolseiro Fernão Mendes Pinto.
Na sequência da assinatura do Protocolo, o Reitor da universidade croata realçou a necessidade de intensificar a presença e o estudo da Língua e da Cultura Portuguesa em Zagreb.

Espanha
O CLP/IC em Madrid apresentou, no dia 6 Novembro, na Sala de Teatro da Universidade Autónoma de Madrid, o Auto da Barca do Inferno (versão integral), de Gil Vicente, encenado pela Companhia de Teatro de Marionetas Era uma vez.

Ainda nesse dia o espectáculo realizou-se na Universidade de Alcalá de Henares.
O texto utilizado foi o da edição de «cordel» de 1518. Esta edição, revista pelo próprio autor, encontra-se na Biblioteca Nacional de Madrid.

V Mostra Portuguesa em MadridDe 30 de Outubro a 19 de Novembro, realizou-se a V Mostra Portuguesa em Madrid, Barcelona, Vigo, Santiago de Compostela, Saragoça e Badajoz.

Trata-se de um dos acontecimentos mais relevantes no conjunto de actividades que se realizam anualmente em Espanha com o apoio do Instituto Camões. Esta mostra pretende divulgar a contemporaneidade portuguesa nas áreas da Música, Artes Plásticas, Cinema, Literatura, Pensamento, Fotografia e Artes Culinárias.

Estónia
Semana de Cinema PortuguêsA Estónia recebeu a Semana de Cinema Português, que decorreu entre 5 e 10 de Outubro, no cinema Sõprus, em Tallinn. O realizador José Fonseca e Costa esteve presente no evento, para fazer a apresentação dos seus filmes. Ao longo da semana de cinema foram exibidos seis obras de quatro realizadores portugueses.

Os filmes História de uma cantadeira, Filme falado, Selvagem, Cinco dias, cinco noites, Fascínio e Viúva rica solteira não fica estiveram em destaque nesta iniciativa apoiada pelo Instituto Camões e pela Embaixada de Portugal em Tallinn.

França
«Intérieurs», de Alexandra PouzetNo âmbito da iniciativa À Chacun son Corps, organizada pela Universidade de Poitiers, com o apoio do Instituto Camões, esteve patente ao público, de 23 de Outubro a 10 de Novembro, a exposição «Intérieurs», de Alexandra Pouzet. Esta mostra é constituída por uma série de auto-retratos realizados em vários espaços, que exploram o interior do ser humano.

No primeiro dia da mostra decorreu um espectáculo de dança intitulado «Appels d\'air».

Itália
Helena Lapas, Tapeçaria e CollagesNo âmbito da Presidência Portuguesa da UE, a exposição de «Tapeçaria e Collages», de Helena Lapas, esteve patente de 3 a 28 de Outubro, na galeria do Instituto Português de Santo António em Roma. O Instituto Camões apoiou a iniciativa.

 

Luxemburgo
O CCP/IC no Luxemburgo e o Centre d\'Arts Pluriels d\'Ettelbruck (CAPe) promoveram, no dia 17 de Novembro, nas instalações do CAPe, o concerto de Camané «The truth of fado/the truth of emotion».concerto de Camané

O concerto pretendeu assinalar a Presidência Portuguesa da União Europeia e enquadrou-se nos eventos a decorrer durante o «Luxemburgo e Grande Região - Capital Europeia da Cultura 2007». O evento contou com o patrocínio da Caixa Geral de Depósitos no Luxemburgo.

Reino Unido
A obra Portuguese Oceanic Expansion, 1400-1800 foi lançada no dia 16 de Outubro. Editada pelos professores Francisco Bethencourt e Diogo Ramada Curto, esta obra surge na sequência do trabalho iniciado em 1999 na John Carter Brown Library, da Brown University. A iniciativa teve lugar no Great Hall do King\'s College, perante dezenas de académicos, historiadores e diplomatas. A iniciativa teve o apoio do Instituto Camões e da Embaixada de Portugal em Londres.

República Checa
Foi inaugurada, no dia 18 de Outubro, nos salões da reitoria da Universidade Carolina de Praga, a última das três edições, promovidas neste país, da obra fotográfica de Michael Teague. «Na Rota dos Navegadores Portugueses» esteve inserida no âmbito da Presidência Portuguesa da UE e ficou patente ao público até finais de Outubro. 

Jornadas em PragaAs Jornadas de Língua Portuguesa e Culturas Lusófonas da Europa Central decorreram nos dias 19, 20 e 21 de Outubro na Universidade de Masaryk em Brno.

Correspondendo à necessidade de fazer um ponto de situação sobre o ensino e divulgação da lusofonia nesta região da Europa, esta iniciativa patrocinada pelo Instituto Camões congregou diversas perspectivas e gerou contributos para uma maior operacionalização de conteúdos das actividades lectivas e extra-lectivas relacionadas com a Língua Portuguesa. Assim, participantes de 13 países (Portugal, Brasil, República Checa, Hungria, Roménia, Bulgária, Eslovénia, Eslováquia, Alemanha, Áustria, Sérvia, Croácia e Moldávia) apresentaram comunicações e intervieram em mesas-redondas organizadas em três linhas temáticas estruturantes: literatura, linguística e cultura. Temas das áreas da pedagogia, didáctica, bem como o tratamento de questões relativas à tradução, edição e produção literária, história e civilização dos países de Língua Portuguesa foram também abordados durante os trabalhos.

República da Moldávia
Inauguração do CLP/IC na Universidade da MoldáviaNo dia 26 de Outubro foi inaugurado o Centro de Língua Portuguesa/Instituto Camões (CLP/IC) na Universidade do Estado da Moldávia (UEM), Chisinau.

Estiveram presentes o Embaixador de Portugal em Bucareste, Alexandre Vassalo, o Reitor da UEM, Gheorghe Rusnac, a Leitora do IC em Bucareste, Patrícia Ferreira, a Vice-Decana da Faculdade de Línguas e Literaturas Estrangeiras, Svetlana Corcodel, e os alunos de português desta instituição.

Durante o evento, o Reitor da UEM falou da importância da abertura do CLP/IC e do apoio dado pelo Instituto Camões para a concretização deste projecto. Referiu ainda a importância da atribuição futura de bolsas de estudo aos alunos do último ano, a fim de terem um maior contacto com a realidade portuguesa.

Roménia
O 4.º Encontro de Lusitanistas, organizado pelo CLP/IC na Universidade de Bucareste e pela Embaixada de Portugal, teve lugar no dia 3 de Novembro, no Colégio Nova Europa, na capital romena. Durante o Encontro decorreram discussões e apresentações em torno das temáticas: «As relações de Mircea Eliade com Portugal - comemoração do centenário do seu nascimento», promoção da imagem cultural de Portugal na Roménia, difusão da língua portuguesa na Roménia, e o presente e o futuro das empresas portuguesas na Roménia.

Rússia
Em Outubro, Portugal esteve representado no Festival do Cinema Europeu de Kalininegrado com o filme Juventude em Marcha, de Pedro Costa.

A produtora Maria João Sigalho, representante do cinema português, participou no evento e falou sobre cinema de autor e a produção independente em Portugal, na Universidade Estatal de Kalininegrado (Departamento de Linguística), no estúdio teatral STOP e no Centro de Artes da Juventude de Kalininegrado. A produtora participou também na Semana da Língua Portuguesa, com uma conferência sobre «Cinema de autor e produção independente», à qual se seguiu a apresentação do filme Juventude em Marcha. O Instituto Camões apoiou a iniciativa.

 

ÁFRICA

Cabo Verde
Isa PereiraNo âmbito do Dia da Cultura Cabo-Verdiana, o CCP/IC na Cidade da Praia organizou, no dia 18 de Outubro, um concerto com Isa Pereira.

A cantora faz parte da nova geração de jovens talentos na área da música tradicional de Cabo Verde. Isa Pereira, acompanhada de Valdo Pereira, Américo Lima, Márcio Rosa e Hélder, percorreu os ritmos cabo-verdianos a que associou outras influências.

A Memória Educativa Recuperada no Cabo Verde Boletim, obra da autoria de Maria Adriana Carvalho, foi lançada no dia 15 de Novembro, no Auditório do CCP/IC da Cidade da Praia.A Memória Educativa Recuperada no Cabo Verde Boletim

A obra, Prémio Sena Barcelos de Monografia 2006, foi apresentada por Arnaldo França e pela escritora Fátima Bettencourt. Esta publicação reproduz a investigação centrada na reconstrução da memória educativa em Cabo Verde no período de 1949 a 1964, com base na documentação recolhida no Cabo Verde Boletim, denominado, de 1949 a 1962, Boletim de Propaganda e Informação e, de 1962 a 1964, Boletim Documental e de Cultura.

Guiné-Bissau
No dia 12 de Outubro, no CCP/IC em Bissau, foi apresentado o filme-documentário Lusofonia, a (R)evolução, de Vladimir Monteiro, jornalista e crítico musical.

Lusofonia, a (R)evoluçãoCom participação de Caetano Veloso, Cesária Évora, Lura, Sara Tavares, Gilles Peterson, Carlos do Carmo, Buraka Som Sistema e Sam The Kid, o filme é uma visão sobre identidades, ritmos, melodias e danças.

Trata-se assim de um documentário sobre a música que liga cerca de 220 milhões de pessoas em Portugal, Brasil, Angola, Moçambique, Guiné-Bissau, Cabo Verde e São Tomé e Príncipe.

Partindo da miscigenação entre populações desde o século XV, explora a forma como a cultura lusófona tem inspirado músicos de áreas como o Hip Hop, Fado, Reggae, Jazz, Semba, Tropicália, Kuduro ou Morna.

 

AMÉRICA

Argentina
Organizado pela Leitora Sónia Mendes, a Semana de Portugal no Instituto de Enseñanza Superior en Lenguas Vivas Juan Ramón Fernandez decorreu em Buenos Aires na primeira semana de Outubro.

A semana incluiu a conferência «O 25 de Abril e a Ditadura em Portugal e na Argentina», por Marcelo Canossa, da Universidade de Buenos Aires, uma homenagem ao Leitor José Luís do Amaral, os seminários «Descobrindo Lisboa... à volta do 28», coordenado por Frederico Gomes, e «Feriados portugueses - 25 de Abril, 10 de Junho e 5 de Outubro», por Sónia Mendes, e a exibição do filme Capitães de Abril. Por estes dias esteve ainda aberta ao público uma exposição dedicada a Luís de Camões.

Brasil
No dia 22 de Outubro, no Teatro Martins Gonçalves, em Salvador da Baía, teve início o Ciclo de Leituras Dramáticas da Escola de Teatro da Universidade Federal da Baía, que incidiu sobre a nova dramaturgia portuguesa. As sessões foram iniciadas com o texto Ficava tão bem naquele canto da sala, de Carlos Alberto Machado, seguindo-se A Evaporação dos Pássaros, de Joaquim Paulo Nogueira, e Xmas qd kiseres, de Jorge Louraço. O Ciclo será encerrado a 21 de Janeiro de 2008, com uma palestra da professora Ângela Reis intitulada «Brasil e Portugal: intercâmbios no campo da actuação nos séculos XIX e XX», que visa assinalar os duzentos anos da chegada histórica do Príncipe Regente D. João à Baía.

Canadá
A Lusophone Coffee Hour, iniciativa organizada pelo Leitor José Pedro Ferreira, teve lugar no dia 28 de Outubro, no Victoria College da Universidade de Toronto. Diversos alunos, elementos da comunidade portuguesa em Toronto e a professora de português Manuela Marujo assistiram ao evento que teve como conferencista convidado o poeta Rui Balsemão.

Estados Unidos da América
A II Conferência Anual da Lusofonia decorreu no dia 19 de Outubro na Universidade Rhode Island College. Esta iniciativa foi organizada pelo The Institute for Portuguese and Lusophone World Studies, com o apoio do Instituto Camões e do Consulado de Portugal em Providence.

Estiveram presentes John Nazarian, Presidente da Universidade, António Mascarenhas Monteiro, antigo Presidente da República de Cabo Verde, e vários professores de universidades norte-americanas e portuguesas.

No dia seguinte teve lugar o «4.º Jantar Convívios de Amigos», iniciativa do Friends of Portuguese Studies at Rhode Island College, na qual foi homenageado o Senador Estadual Daniel da Ponte.

José Fanha    

O poeta José Fanha e o pianista João Balula Cid estiveram presentes, no dia 30 de Outubro, na Universidade de New Jersey - Rutgers, num encontro denominado «Music & Poetry».

O evento foi apoiado pelo CLP/IC na Universidade de New Jersey, pelo Portuguese and Lusophone World Studies e pela organização cultural Proverbo.

México
O Instituto Camões associou-se aos festejos do Dia dos Mortos, um dos dias mais celebrados em todo o México e de maior significado. A Cidade Universitária recebeu a iniciativa que atraiu durante quatro dias (31 de Outubro a 4 de Novembro) a comunidade estudantil e o público em geral.festejos do Dia dos Mortos

O evento contou com a participação de professores e alunos de Português do Centro de Ensino de Línguas Estrangeiras, na Cidade Universitária, e da FES - Acatlán. Esta primeira participação do IC teve como objectivo estabelecer um ponto de encontro entre as culturas portuguesa e mexicana, mostrando diversas representações da Morte em Portugal.

O IC exibiu assim uma réplica da capela dos ossos em Évora, bem como um cortejo fúnebre segundo a tradição portuguesa. Um espectáculo de fado, poemas de autores portugueses sobre a morte e ainda um atelier de azulejo português foram outras iniciativas também apoiadas pelo IC.

Especialmente para este evento foram desenhadas caricaturas de três figuras emblemáticas da cultura portuguesa: Luís de Camões, Amália Rodrigues e Eça de Queirós.

O Dia dos Finados (Día de Muertos) tem muita importância neste país, que convive, ao contrário da maioria de outros lugares do mundo, com a morte de maneira irónica e jocosa. Por todo o México enfeitam-se «altares aos mortos» (a que chamam «oferendas») e celebram-se as tradições ancestrais dos povos sob o domínio do grande Império Azteca. Este ano, a chamada oferenda do Dia dos Mortos na Cidade Universitária foi totalmente dedicada a José Guadalupe Posada (Aguascalientes, 1852 - Cidade do México, 1913), artista plástico e criador da mais emblemática figura associada, desde então, à celebração da Morte no México, a Catrina.

 

ÁSIA

Índia
O CLP/IC em Goa, em colaboração com o Departamento de Português da Universidade de Goa, organizou uma exposição intitulada «Cinema Português - Perspectiva do Realizador», que esteve exposta até 31 de Outubro. A mostra incluiu cerca de 80 fotografias, impressão coordenada por Joseph Dilip Rodrigues, montagem de Mark Sebastian Pinto, projecto e organização de José Miguel Ribeiro Lume, Leitor do Instituto Camões.

Foram igualmente exibidos quatro filmes celebrando o realizador Manoel de Oliveira, que completará 100 anos no próximo ano: O Princípio da Incerteza, A Caixa, Um Filme Falado e Porto da Minha Infância. Em sessão de abertura desta exposição, o público foi informado sobre o trabalho e a personalidade do realizador português, que iniciou a sua carreira cinematográfica em 1920 e tem visto a sua obra premiada em vários festivais de cinema.

Indonésia
A curta-metragem História Trágica com Final Feliz, da realizadora portuguesa Regina Pessoa, foi o filme de abertura do VII Festival de Cinema Europeu que decorreu de 26 de Outubro a 2 de Novembro em Jacarta, estendendo-se em seguida a sete outras cidades indonésias.

A edição deste ano teve como tema dominante o multiculturalismo. Entre os restantes 53 filmes, Portugal apresentou ainda o documentário de longa-metragem Lisboetas, de Sérgio Tréffaut. A participação portuguesa neste Festival teve o apoio do Instituto Camões e do Instituto do Cinema, Audiovisual e Multimédia.

Israel
Com o alto patrocínio do Instituto Camões, a Companhia Portuguesa de Bailado Contemporâneo (CPBC) participou na edição deste ano do Festival Internacional de Dança de Telavive, o Telavive Dance 2007, que decorreu em diferentes centros culturais desta cidade, entre 5 de Outubro e 7 de Novembro. Para além da companhia portuguesa, estiveram presentes neste certame companhias oriundas de Espanha, França, Bélgica, Itália, Reino Unido, Polónia, Turquia, Burkina Fasso e Israel.

Na sua primeira actuação neste país, a CPBC realizou três espectáculos, nos dias 8, 9 e 10 de Outubro, no Suzanne Dellal Centre for Dance and Theater.O poeta José Fanha e o pianista João Balula Cid estiveram presentes, no dia 30 de Outubro, na Universidade de New Jersey - Rutgers, num encontro denominado «Music & Poetry».

O evento foi apoiado pelo CLP/IC na Universidade de New Jersey, pelo Portuguese and Lusophone World Studies e pela organização cultural Proverbo.

 

Camões, I.P.
Usamos cookies no nosso site para lhe proporcionar uma melhor experiência de utilização.