Reestruturação do sítio na Internet do Instituto Camões

O Instituto Camões concluiu a reestruturação do seu sítio na Internet (www.instituto-camoes.pt), realizada no sentido de melhorar a qualidade da informação que presta sobre as suas actividades de promoção da língua e cultura portuguesas no mundo.

Número 122  ·   13 de Fevereiro de 2008  ·   Suplemento do JL n.º 975, ano XXVII

Reestruturação do Site do ICO sítio apresenta agora uma secção autónoma de notícias, bem como uma agenda de eventos promovidos pela rede do Instituto Camões, ou com o seu apoio. Ambas permitem a consulta por país, o que facilita quer a consulta do que aconteceu quer os eventos que irão realizar-se em cada país. Como complemento, foram implementadas formas de difusão da informação, através de uma newsletter mensal (subscrição em www.instituto-camoes.pt) e de RSS, respeitando as normas mais recentes de usabilidade e acessibilidade.

Nesta reformulação foi dado maior destaque à apresentação institucional, colocando em posição de destaque a apresentação da missão do Instituto Camões, bem como a acção que desenvolve no âmbito da promoção da língua e da cultura portuguesa. Esta informação encontra-se traduzida actualmente em inglês, espanhol e francês, prevendo-se a sua tradução para outras línguas, a médio-prazo. Estas secções apresentam interligações com as outras áreas do sítio, o que permite uma navegação contextualizada pelo sítio. Para os utilizadores habituais, um menu de acesso rápido agilizou a consulta da informação mais popular.

Ainda na perspectiva de informar melhor o público sobre a sua acção, o sítio apresenta uma secção de Perguntas mais Frequentes, que permite ao utilizador encontrar respostas às questões mais comuns sobre o IC. Para os casos em que não há ainda uma resposta disponível, o utilizador pode colocar a sua questão directamente ao serviço competente através de um formulário em linha.

O IC está também a proceder à reestruturação do Centro Virtual Camões, reorganizando os conteúdos de apoio à aprendizagem da língua e de difusão da cultura portuguesa, de modo a servir melhor o público cada vez mais abrangente (e exigente), que o procura.
Camões, I.P.
Usamos cookies no nosso site para lhe proporcionar uma melhor experiência de utilização.