Mais de metade dos alunos são portugueses

Cursos a Distância 

A plataforma de ensino à distância do Centro Virtual Camões foi criada em 2004 e desde então um total de 606 alunos frequentou as suas "aulas". Nos 14 cursos a decorrer no presente ano lectivo e que cobrem diversos níveis e nichos de aprendizagem da Língua e da Cultura Portuguesa estão inscritos mais 415 alunos.

Número 124   ·   9 de Abril de 2008   ·   Suplemento do JL n.º 979, ano XXVIII

Mapa GooglePara aceder aos cursos, para além dos requisitos técnicos - dispor de um computador e de uma ligação à internet - é condição ser aluno do Ensino Superior ou licenciado, português ou estrangeiro, sendo factor de preferência a residência no estrangeiro. Contudo, os cursos podem ser frequentados por não-licenciados e não-licenciandos, cujo currículo seja considerado adequado pelo Instituto Camões a seguir esta formação.

Os alunos pagam uma propina que oscila entre os 100 e os 400 euros.

A maioria dos alunos dos cursos ministrados até 2007 era de nacionalidade portuguesa (336 em 606 alunos de 45 países). Seguiam-se Timor-Leste (51 alunos), Espanha (25), Itália (21), Brasil (19), Angola (14), Alemanha (12) e Guiné-Bissau e Moçambique (11 cada).

À excepção do curso sobre Cultura Portuguesa Contemporânea, que é anual e que já vai na sua 3ª edição, todos os restantes cursos são semestrais.

A carga horária dos cursos semestrais é de 168 horas, ou seja, 9 horas semanais, o que lhes permite qualificarem-se para serem reconhecidos no âmbito do sistema de créditos do Processo de Bolonha. No entanto, para tal, é também necessária uma parceria com uma entidade do Ensino Superior reconhecida pelo European Credit Transfer and Accumulation System (ECTS).

 

Camões, I.P.
Usamos cookies no nosso site para lhe proporcionar uma melhor experiência de utilização.