Primeiros materiais promovidos pelo IC

Ensino de Português a crianças

Os livros e materiais da série Salpicos, destinados à aprendizagem de Português, língua não materna, por crianças entre os quatro e os 10 anos, são apresentados publicamente esta quinta-feira em Lisboa, no Instituto Camões (IC).

Número 133   ·   17 de Dezembro de 2008   ·   Suplemento do JL n.º 997, ano XXVIII

Primeiros materiais promovidos pelo ICTrata-se da primeira edição encomendada pelo IC destinada à rede de ensino de Língua Portuguesa (LP) não universitária no mundo.

Publicada pela Editora Lidel, a série Salpicos é composta por três conjuntos de materiais destinados à aprendizagem do Português por crianças de diferentes idades, cada um dos quais inclui um livro do aluno, materiais de apoio para os professores e conteúdos multimédia.

Na série Salpicos, a família Quinas, centrada na personagem principal - Salpicos, um cão de água português -, protagoniza «uma série de aventuras, histórias e jogos, com os quais as crianças vão aprender Português a brincar», diz a editora.

A série apresenta-se como um material inovador pelo facto de poder ser utilizado para o ensino da Língua Portuguesa como L1 e L2 (primeira ou segunda língua de aprendizagem), bem como por seguir as recomendações do Quadro Europeu Comum de Referência para as Línguas, adequando-as aos níveis de aprendizagem referidos.

O Salpicos 1, para crianças de quatro e cinco anos do pré-escolar ou do 1º ano do ensino básico, não apresenta textos escritos. Foi concebido e elaborado por Rita Jonet, licenciada em Psicologia, na área de Psicoterapia e Aconselhamento Educacional, professora na área da psicogénese da leitura e da escrita, e Luísa Vian, licenciada em Ciências da Educação, orientadora de estágio na área de administração educacional na Escola Superior de Educadores de Infância Maria Ulrich.

Os Salpicos 2 e 3, para crianças do ensino básico entre os seis e os nove anos e com 10 anos, respectivamente, foram da responsabilidade de Maria João Lopo de Carvalho, professora de Português e de Inglês e fundadora e directora da Know How, Sociedade de Ensino de Línguas, e da Know How, Edições Produções e Publicidade, destinada à tradução e à criação de livros personalizados para crianças, e de Isabel Zambujal, escritora (copywriter) de publicidade e autora de livros infantis.

As ilustrações, fundamentais na obra, pertencem a Mónica Catalá, licenciada em Design de Comunicação pela Faculdade de Belas Artes de Lisboa, com passagem por revistas, agências publicitárias e pelas editoras D. Quixote, Guerra e Paz e Pergaminho.

As unidades de cada um dos três Salpicos assentam numa história, «divertida e simples, apresentada aos alunos através da imagem (banda desenhada) e da oralidade», a partir da qual se desenvolvem os conteúdos a explorar. A apresentação de cada história é completada por uma gravação áudio.

Cada conjunto de materiais da série Salpicos compreende sempre um livro do aluno, a cores, onde são apresentadas as histórias das bandas desenhadas (BD), as canções e as fichas e que vem acompanhado por um CD-áudio com canções infantis adaptadas aos conteúdos, e um livro do professor, em que este encontra «instruções e sugestões de actividades», igualmente acompanhado por um CD-áudio, com «todas as histórias das bandas desenhadas, exercícios, canções e lengalengas». Nos níveis 2 e 3 existe também um livro de actividades, com exercícios de leitura e escrita e com tarefas «mais lúdicas - desenhar, pintar, cortar, colar...»

Para cada um dos níveis existe uma «mala do professor», que além dos livros do aluno e do professor, inclui sempre cartões para revisão do vocabulário, cartazes com finalidades diversas e o fantoche Salpicos, «uma ferramenta lúdica para o professor utilizar em todas as aulas, quer para ensinar os conteúdos quer para ‘dialogar\' com os alunos ou para explicar exercícios e jogos».

No primeiro nível, a mala do professor tem um ‘Livro Gigante\' com as histórias das oito unidades em BD iguais às do livro do aluno, visualizáveis em grupo. Nos níveis seguintes a mala inclui o livro de actividades.

A rede do Estado português de ensino da LP no mundo cobre actualmente boa parte da Europa Ocidental (Alemanha, Andorra, Bélgica, Espanha, França, Holanda, Luxemburgo, Reino Unido e Suíça) e África do Sul e Namíbia, no continente africano.

Nalguns destes países, a LP é ministrada integrada nos currículos oficiais locais em cursos bilingues, que integram outras matérias ligadas a Portugal, como História e Geografia.

 

Para os mais velhos

 

Primeiros materiais promovidos pelo ICNa Onda do Português, um projecto pedagógico em 3 níveis destinado ao ensino de Português como língua estrangeira a alunos entre os 11 e os 16 anos, vai ser também apresentado publicamente na mesma ocasião da apresentação da série Salpicos.

Com consultoria científico-pedagógica financiada pelo Instituto Camões, o primeiro livro desta série, também editado pela Lidel, é da autoria de Ana Maria Bayan Ferreira e Helena José Bayan.

A obra, composta pelo livro do aluno, CD-áudio e dossiê do professor (este com sugestões metodológicas, apresentações em PowerPoint dos conteúdos gramaticais), privilegia, segundo a editora, uma metodologia baseada em tarefas, e dirige-se a «utilizadores elementares da Língua Portuguesa».

 

 

 

Camões, I.P.
Usamos cookies no nosso site para lhe proporcionar uma melhor experiência de utilização.