Os descobrimentos contados às crianças

Número 138   ·   6 de Maio de 2009   ·   Suplemento do JL n.º 1007, ano XXIX

Audiolivros no Centro Virtual Camões

A colecção de audiolivros A Aventura dos Descobrimentos, começada a publicar originalmente a acompanhar o semanário Expresso a 29 de Março de 2008, está disponível em formato digital no Centro Virtual Camões (CVC) desde o início do mês de Maio, visando a aprendizagem «de forma lúdica» da História de Portugal por crianças e jovens residentes no estrangeiro. 

 

Os descobrimentos contados às criançasEste é o segundo projecto do género a ser acolhido no CVC. O primeiro, também concebido e produzido pela Zero a Oito para o Instituto Camões, foi a colecção de audiolivros Era uma vez um Rei, posta em linha em 2008.

 

Com imagem e som, a colecção, composta por 12 volumes, pode ser “folheada” virtualmente no ecrã do computador. Cada volume, para além da leitura áudio do texto, compreende uma música de cariz infantil, com letra alusiva ao tema. As interpretações pertencem a «crianças talentosas» mas não profissionais e a cantores adultos semi-profissionais, indicou André Folque, da Zero a Oito.

 

O texto, da autoria de Ana Oom, está construído como se de um conto se tratasse, pelo que os produtores da obra avisam que não se pretendeu que seja «uma exposição exacta do episódio histórico narrado, podendo excluir acontecimentos mencionados nos manuais escolares».

 

Ana Oom é uma professora de Português e Francês do ensino básico, escritora de livros infantis que trabalha há muitos anos na Zero a Oito e que participa praticamente em todos os projectos orquestrados pela empresa, segundo André Folque.

 

A narração está a cargo de Bárbara Guimarães, sendo as ilustrações da autoria de André Letria, já com alguma notoriedade no meio infantil. A música é da responsabilidade de Gonçalo Pratas. Os arranjos e a direcção musical ficaram a cargo de José Manuel Afonso, da empresa Digital Mix Música, cabendo a direcção de vozes a Luís Sales. O design para Web pertence à Terra das Ideias.

 

A obra cobre as principais etapas dos descobrimentos portugueses, contadas de uma maneira simples e «com alguma fantasia», desde a conquista de Ceuta, em 1415 (1º volume), até à chegada ao Japão, em 1543, o último volume da série (12º).

 

Os episódios focados incluem ainda a descoberta da Madeira (2º) e dos Açores (3º), a passagem do Bojador (4º), a navegação da costa ocidental de África (5º), a passagem pelo Cabo da Boa Esperança com Bartolomeu Dias (6º), a relação de Colombo com Portugal e o tratado de Tordesilhas (7º), a chegada à Índia (8º), a descoberta do Brasil (9º) e a chegada dos portugueses à China e a sua instalação em Macau (11º). Um lugar à parte nesta série é ocupado pelo volume dedicado à Rota da Índia (10º), em que é descrita a vida a bordo de uma nau da carreira da Índia, a partir da vivência de um jovem.

No final de cada livro, existem «duas secções especiais dedicadas aos mais curiosos», segundo os autores. Na primeira, designada «Um pouco mais de História», dá-se informação adicional sobre cada episódio. Na segunda secção, «O que aprendi», as crianças poderão testar os conhecimentos adquiridos.

 

Camões, I.P.
Usamos cookies no nosso site para lhe proporcionar uma melhor experiência de utilização.