PROCULTURA PALOP-TL

Angola, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, São Tomé e Príncipe, Timor-Leste

Setor: Cultura, emprego

Parceiros do Camões, I.P.: União Europeia; Ministérios da Cultura e outras tutelas do setor nos PALOP e Timor-Leste; Ministérios da Educação e tutelas da formação profissional nos PALOP e Timor-Leste; instituições de ensino nos PALOP e Timor-Leste (a definir); ABC - Agência Brasileira de Cooperação; AECID - Agência Espanhola de Cooperação Internacional e Desenvolvimento; AULP - Associação das Universidades e Língua Portuguesa; CPLP - Comunidade dos Países de Língua Portuguesa; EUNIC – Rede de Institutos Nacionais de Cultura e Embaixadas da União Europeia; FCG - Fundação Calouste Gulbenkian; Ministério da Cultura de Portugal/ Direção-Geral do Livro, Arquivo e Bibliotecas

Orçamento/duração: EUR 19.04 milhões/ 51 meses (2019-2023)  

  • Ação financiada pela União Europeia
  • Ação cofinanciada e gerida pelo Camões, I.P.
  • Ação cofinanciada pela Fundação Calouste Gulbenkian 

Objetivo da intervenção

Contribuir para aumentar o emprego nas atividades geradoras de rendimento na economia criativa e cultural nos PALOP e em Timor-Leste. Com uma abordagem sistémica, em duas componentes: (1) reforço dos recursos humanos através do desenvolvimento de competências nas profissões técnicas dos setores culturais, de competências de gestão e de competências criativas orientadas para a contemporaneidade da criação; (2) reforço das oportunidades de financiamento, sobretudo através de subvenções para difusão e comercialização da música, artes performativas e literatura infantil-juvenil dos seis países, para ampliar os mercados nacionais e o acesso aos mercados internacionais.