RETFOP - Revitalização do Ensino Técnico e da Formação Profissional de Angola

Ação financiada pela União Europeia e gerida pelo Camões, I.P..

Angola

Setor: Ensino Técnico-Profissional

Parceiros do Camões, I.P.: São parceiros internacionais: a União Europeia, financiadora do projeto e a Expertise France, codelegada na execução do projeto. São parceiros em Angola: Casa Civil da Presidência da República, Centro de Formação Nacional de Formadores (CENFOR), Centro Integrado de Formação Tecnológica (CINFOTEC), Centros Locais de Empreendedorismo e dos Serviços de Emprego (CLESE), Direção Nacional do Trabalho e da Formação Profissional (DNTFP), Direção Nacional do Ensino Técnico e Profissional (DNETP), Escola Nacional de Administração (ENAD), Instituto Nacional de Estatística (INE), Instituto de Emprego e Formação Profissional (INEFOP), Instituto Nacional de Formação de Quadros (INFQ), Instituto Nacional de Investigação e Desenvolvimento de Educação (INIDE/MED), Gabinete de Estudos, Planeamento e Estatística (GEPE), Gabinete de Inspeção Nacional de Educação, Instituto Nacional de gestão das Bolsas de Estudo de Angola (INAGBE), Universidade Agostinho Neto, Universidade José Eduardo dos Santos, Instituto Superior de Ciências da Educação do Huambo (ISCED do Huambo), Instituto Superior de Ciências da Educação de Luanda (ISCED de Luanda), Ministério da Educação (MED), Ministério Administração Pública, Trabalho e Segurança Social (MAPTSS) e Ministério do Ensino Superior, Ciência, Tecnologia e Inovação (MESCTI). São parceiros na Administração Pública portuguesa: Agência Nacional para a Qualificação e o Ensino Profissional (ANQEP), Direção-Geral de Estatísticas de Educação e Ciência (DGEEC) e Conselho Coordenador dos Institutos Superiores Politécnicos (CCISP).

Orçamento/duração: EUR 21.400.000,00 / 60 meses (2017-2022)

Objetivo da intervenção

O objetivo geral do RETFOP é contribuir para a redução do desemprego, especialmente entre os jovens, através da disponibilização de capital humano mais capacitado e com maior empregabilidade.

Os seus objetivos específicos são: reforçar as capacidades de gestão estratégica das instituições públicas relevantes a nível central e local e reforçar a coordenação entre estas e o setor privado; melhorar a qualidade e a relevância dos currículos e qualificações fornecidas pelo Ensino Técnico e a Formação Profissional (ETFP) e facilitar e apoiar a transição dos diplomados do ETFP para o mercado de trabalho.

O RETFOP apoia o desenvolvimento e a modernização dos dois tipos de educação e formação técnica e profissional (EFTP) em Angola: o Ensino Técnico e Profissional (ETP) e a formação profissional (FP).

Para mais informação: https://europa.eu/capacity4dev/projetoretfop