Poços de Caldas: Escritora Alexandra Lucas Coelho na 14ª Feira Nacional do Livro e Flipoços – Festival Literário Internacional 2019

Data
27-04-2019 - 05-05-2019
Localização
Poços de Caldas

Descrição

Na edição de 2019, que decorre entre 27 de abril e 5 de maio, o Camões, I.P. leva ao Flipoços a autora Alexandra Lucas Coelho, que fará o lançamento nacional do livro “Deus-dará”, pela Bazar do Tempo. O romance considerado como “transatlântico” vem ao encontro da temática central do Flipoços 2019 com o slogan “Literatura Sem Fronteiras”, que procura exatamente promover o encontro de pessoas de diferentes nacionalidades através da literatura. O romance, que já foi lançado em Portugal, em 2016, é passado no Rio de Janeiro contemporâneo, mas atravessando 500 anos da história Portugal-Brasil, o que vem totalmente ao encontro da proposta do Festival, ou seja, enaltece a questão sem fronteiras da temática, ao mesmo tempo que destaca a forte relação do Flipoços com a cultura e valorização da língua portuguesa.

O encontro com a escritora Alexandra Lucas Coelho no Flipoços 2019 terá lugar no dia 5 de maio, pelas 15h30, no Teatro da Urca, exatamente no Dia Internacional da Língua Portuguesa.

O Festival Literário Internacional de Poços de Caldas, cidade do sul de Minas Gerais, é reconhecidamente um dos eventos de literatura que mais valoriza a língua portuguesa no Brasil. Realizado há 14 anos, na cidade mineira, pela curadora, empresária e também cidadã portuguesa Gisele Ferreira da GSC Eventos, o festival tem como missão a valorização da lusofonia. “Para mim, é fundamental valorizar nossa língua, compreendê-la e expressá-la bem. A língua portuguesa é linda, tem variações de estilos, sotaques, formas diferentes em cada país de origem, mas no fundo, o essencial, é entendê-la para que a gente possa pensar e nos relacionar melhor” enfatiza Gisele Ferreira.

Considerando a importância da Língua Portuguesa, o Flipoços, em parceria com o Camões - Instituto da Cooperação e da Língua, I.P. e a Embaixada de Portugal no Brasil, oferece, há quatro anos, ao público do festival, autores de relevância da literatura portuguesa, com livros editados no Brasil. Naquele período, o Camões, I.P. contribuiu para a deslocação de autores como Afonso Cruz, José Luís Peixoto, Nuno Camarneiro, João Pinto Coelho.

Tópicos neste artigo: