Formação em Portugal

Em função de programas de cooperação estabelecidos com cada um dos Países, são concedidas anualmente bolsas para o Ensino Universitário e Politécnico.

Objetivos

  • Formar jovens quadros em áreas prioritárias no quadro das estratégias de desenvolvimento do país de origem;
  • Privilegiar candidaturas para cursos inexistentes nos estabelecimentos de ensino local.

Destinatários

Estudantes nacionais e residentes de países com os quais Portugal mantenha relações bilaterais de cooperação e que pretendam aceder e ingressar em estabelecimentos de ensino superior em Portugal.

Como Candidatar-se

A apresentação das candidaturas decorre, unicamente, no país de origem junto das competentes autoridades locais.

Em cada um dos países, a divulgação do número de bolsas a disponibilizar, bem como dos documentos necessários à candidatura e dos prazos para entrega da documentação é da responsabilidade das competentes autoridades locais em parceria com as Embaixadas de Portugal.

O Camões, I.P. apenas considera válidas as candidaturas recebidas através dos canais institucionais.

 

Regulamento

Regulamento de Concessão de Bolsas - Despacho nº 12323/2023 de 4 de dezembro

Duração e Renovação da Bolsa

Nível de licenciatura e licenciatura com mestrado integrado

A bolsa de estudo é renovável por períodos de um ano letivo até ao limite máximo do número de anos correspondentes à duração do curso, podendo ser acrescida, em casos devidamente fundamentados, até ao máximo de um ou dois anos, sendo um ano por cada ciclo de estudos, conforme se refira a licenciatura ou a licenciatura com mestrado integrado.

O processo de renovação da bolsa, instruído com todos os documentos necessários deverá ocorrer até 15 de outubro de cada ano. Nos casos em que o bolseiro comprove estar inscrito na época especial de exames de dezembro, o prazo poderá ser alargado até 31 de dezembro do ano letivo a que o pedido de renovação se reporta.

Níveis de mestrado e doutoramento

A bolsa de estudo para obtenção de mestrado é válida por um ano e renovável por igual período uma única vez. Pode ser solicitado uma renovação especial até 6 meses para entrega e discussão púbica da dissertação.

A bolsa de estudo para obtenção de doutoramento é atualmente concedida pela Fundação para a Ciência e a Tecnologia. Para mais informações, consultar o link: Concurso de Bolsas de Doutoramento para Angola, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste - FCT . Qualquer questão relativa a este processo, deverá ser colocada através do seguinte endereço eletrónico - Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar..

O processo de renovação da bolsa para os níveis de mestrado e de doutoramento, instruído com todos os documentos necessários deverá ocorrer até 20 dias após o termo da bolsa.

 

Tabela de Bolsas

Os valores para as bolsas são os constantes da tabela seguinte

 

TABELA DE BOLSAS

 

   Subsídio Manutenção
(mensal)
Material Didático
(anual)
Subsidio Instalação
(anual) 
Subsidio de Propina
(anual) 
Subsídio Alojamento
(mensal) 
 Licenciatura 480,43 € 192,18 € 240,21   1201,07 € 144,13 €
 Mestrado 840,75 € 0,00 € 240,21 €  1441,29 € 144,13 €
 Doutoramento 960,86 €  0,00 € 240,21  2402,15 € 144,13 €
 
 

Apoio ao Bolseiro

Atendimento Presencial - O qual é feito apenas por marcação prévia via correio eletrónico com indicação do assunto. Este atendimento permite o agendamento do atendimento em dia e hora previamente definidos. Com este serviço o Bolseiro é atendido no dia e hora que mais se adequa à sua disponibilidade, sendo por isso possível a prestação de um serviço eficaz a todos os Bolseiros - Um atendimento personalizado e à hora certa!

Pode fazer a marcação para o seguinte endereço eletrónico: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Outras Áreas de Ensino

Para além da concessão de bolsas para o Ensino Universitário e Politécnico Português, a Cooperação Portuguesa tem, igualmente, bolseiros nas seguintes áreas:

Ensino Jurídico

No âmbito do Programa Anual de Cooperação Bilateral para o setor da Justiça, o Centro de Estudos Judiciários promove anualmente o curso de Formação de Magistrados para auditores oriundos dos Países Parceiros. Este curso, co-financiado pelo Camões, I.P. e pela Direção-Geral de Política de Justiça, tem a duração de um ano letivo e visa a formação inicial nas dimensões de desenvolvimento de qualidades pessoais em relacionamento humano e de competências técnico-jurídicas.

Ensino Militar

Em função de programas de cooperação estabelecidos com cada um dos Países de Língua Oficial Portuguesa, o Ministério da Defesa (através dos Ramos das Forças Armadas), de acordo com uma verba que o Camões, I.P. disponibiliza anualmente, atribui vagas para cursos e estágios em Estabelecimentos de Ensino Militar a militares e jovens dos Países Parceiros.

Ensino Policial

Nesta área de formação o Camões, I.P. disponibiliza anualmente, um montante ao Instituto Superior de Ciências Policiais que atribui vagas a estudantes dos Países Parceiros para o Curso Superior de Polícia, cabendo ao Ministério da Administração Interna definir e gerir o contingente anual de bolseiros.