São Tomé e Príncipe

Relações de Cooperação entre Portugal e São Tomé e Príncipe

Dados gerais

Designação Oficial: República Democrática de São Tomé e Príncipe

Capital: São Tomé.

Presidente da República: Evarísto do Espírito Santo Carvalho (tomou posse a 3 de setembro de 2016).

Primeiro-Ministro: Jorge Lopes Bom Jesus (desde dezembro de 2018)

Data da Independência: 12 de julho de 1975

Distritos: Ilha de São Tomé constituída por 6 Distritos (Água Grande, Cantagalo, Caué, Lembá, Lobata e Mé-Zóchi) e a Região
Autónoma do Príncipe constituída pelo distrito de Pagué)

Línguas: Português (oficial) e Idiomas Locais (Forro, Angolar e Lunguye)

Religião: Católica (82%)

 

Informação Geográfica

Área: 1001 km2 (Golfo da Guiné, África Ocidental)

Clima: Equatorial 

 

Informação Demográfica

População: 193 mil (2013, AICEP)

Taxa Média Anual de Crescimento da População: 2,6 – 2010/2015 (2013, PNUD)

Esperança de Vida à Nascença: 69 anos (2013, PNUD)

Taxa de Alfabetização de Adultos (15 anos e mais): 69,5 % (2013, PNUD)

Taxa de Escolarização Primária: 97% (2013, PNUD)

Índice de Desenvolvimento Humano: 142ª Posição em 185 países (2013, PNUD)

 

Informação Económica

Unidade Monetária: Dobra (1€= 24.500 STD) paridade fixa desde 1 janeiro 2010.

PIB Per Capita: 1 625 USD (2013, AICEP)

Taxa de Inflação: 8,3% (2013, AICEP)

Taxa de Desemprego: 13,6% (2013, INESTP)

Taxa de Crescimento: 4,3% (2012, AICEP)

Principais Exportações: Cacau, Máquinas e Equipamentos, Frutas (2013, AICEP)

Exportações-Portugal: 8,7 milhões € (2013, AICEP)

Importações-Portugal: 58,8 milhões € (2013, AICEP)

Investimento Direto Português: 2,5 milhões de euros - média entre 2003 e 2013 (2013, BP)

 

Outros Dados

Embaixada de Portugal em São Tomé

Embaixador: Luís Gaspar da Silva

Morada (Embaixada): Avenida Marginal 12 de julho

Caixa Postal 173, S. Tomé

Telefones (+239) 222 11 30 / 222 49 97

Fax: (+258) 222 11 90

E-mail: Esta dirección de correo electrónico está siendo protegida contra los robots de spam. Necesita tener JavaScript habilitado para poder verlo.

Adido para a Cooperação: António Machado (desde 2014)

Telefone (+239) 222 11 30

E-mail: Esta dirección de correo electrónico está siendo protegida contra los robots de spam. Necesita tener JavaScript habilitado para poder verlo.

 

Embaixada da República de São Tomé em Lisboa

Embaixador: Luís Guilherme d´Oliveira Viegas

Morada (Embaixada): Avenida 5 de Outubro, nº 35, 4º Andar

1050-047 Lisboa

Telefones (+351) 21 846 19 17/8

Fax (+351) 21 846 18 95

E-mail: Esta dirección de correo electrónico está siendo protegida contra los robots de spam. Necesita tener JavaScript habilitado para poder verlo.

Ponto de situação

Enquadramento Geral

 

Programa Estratégico de Cooperação

Programa Estratégico de Cooperação (PEC) 2016-2020. Foi assinado, entre os dois países, a 7 de setembro, com um envelope financeiro de 57,5M€. O novo Programa a desenvolver até 2020 prevê uma maior concentração de verbas em setores  com a Educação, a Saúde e proteção Social, abarcando ainda a formação militar,  a cooperação policial e justiça.

Programa Estratégico de Cooperação 2016-2020


Programa Indicativo da Cooperação

Programa Indicativo de Cooperação Portugal - São Tomé e Príncipe 2012-2015

Programa Indicativo de Cooperação 2012-2015 – O PIC em vigor abrange um período de quatro anos (2012--2015). Foi assinado em Lisboa, a 27 de novembro de 2013, pelo Ministro de Estado e dos Negócios Estrangeiros de Portugal, Dr. Rui Machete, e pela Ministra dos Negócios Estrangeiros, Cooperação e Comunidades de S. Tomé e Príncipe. O PIC tem um envelope financeiro de 43,5 M€ e estabeleceu como eixos prioritários de cooperação a Boa Governação, Participação e Democracia e o Desenvolvimento Sustentável e a Luta contra a Pobreza.

Texto em Português

 

Programa Indicativo de Cooperação Portugal-São Tomé e Príncipe 2008-2011

 

Cooperação Portugal – São Tomé e Príncipe / Cooperação em números – São Tomé e Príncipe

Ajuda Pública ao Desenvolvimento 2013-2017

Em 2015, a APD portuguesa com destino a São Tomé e Príncipe registou uma subida assinalável face aos últimos três anos, situando-se nos 22,61 M€. Este comportamento é justificado maioritariamente pelo Empréstimo concessional para infraestruturas elétricas, destinado a projetos nas vertentes de construção, reformulação e reabilitação da rede elétrica. Em 2016, a APD voltou a aproximar-se dos valores médios dos últimos anos (13,64 M€) tendo-se assinalado uma descida em 2017 para 10,30 M€, sobretudo devido ao fim da utilização Linha de Crédito concessional para infraestruturas rodoviárias e elétricas e à descida dos encargos com os doentes evacuados para tratamento em Portugal. Entre 2013 e 2017 a APD líquida média para aquele país foi de 13,89 M€.

Em termos brutos verifica-se uma centralização em “Educação” (33%), “Água e Saneamento” (21,5%), “Outras infraestruturas e serviços sociais” (13,2%) e ainda “Saúde” (13%).

 

14884b

 

14884c

 

Projetos desenvolvidos

    Tópicos neste artigo: