Exposições do Camões, I.P.

Exposições

O Camões - Instituto da Cooperação e da Língua, I.P. prossegue as atribuições do Ministério dos Negócios Estrangeiros na área da cultura, assegura a difusão e promoção da cultura portuguesa no estrangeiro concebendo, produzindo, propondo e promovendo a execução de obras e projetos que favoreçam a divulgação internacional de diferentes formas de expressão artística.

Atualmente estão disponiveis algumas exposições virtuais que poderão ser requisitadas, por qualquer interessado, mediante o preenchimento do formulário respetivo, que deve ser endereçado para o e-mail Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar..

Receberá uma confirmação no seu e-mail, e o Camões I.P. assegura a satisfação de todos os pedidos no mais curto prazo de tempo.

O envio da exposição solicitada é garantido até ao final do 3.º dia útil seguinte ao da entrada do formulário, desde que completo e em conformidade com os parâmetros definidos pelo Camões I.P.

Excluem-se situações extraordinárias de afluxo anormal de pedidos ou de perturbações no funcionamento do sistema informático, das quais o Camões I.P. informará o requerente na altura da receção do pedido.

 

Consulte em detalhe cada uma das exposições
 

Almada por Contar

O artista multifacetado que Almada foi: desenhador, pintor, escritor, figurinista, cenógrafo, bailarino, encenador, performer, vitralista, geómetra e sobretudo, protagonista da sua vida-obra.

Mais do que uma visão cronológica do percurso artístico de Almada Negreiros, procura aqui revelar-se a unidade de uma obra vasta e heterogénea, à luz da investigação centrada no espólio disperso e largamente desconhecido do artista

  • Ano de produção: 2014
  • N.º painéis: 23
  • Medidas (m): 1,00 x 0,70
  • Línguas: Bilingue Português / Inglês
  • Suportes: digital

 

 

Azulejo Português: Diálogos Contemporâneos

O azulejo radica em tradições que foram sendo atualizadas nas técnicas, cores, formas, temas, utilizações, e se apresenta como impressão digital de cultura portuguesa.

O diálogo com a modernidade constitui o seu modo particular de pensar a contemporaneidade e abrir uma reflexão ao grande público ao marcar expressivamente lugares de anonimato. 

  1. Ano de produção: 2012
  2. N.º painéis: 21
  3. Medidas (cm): 98 x 68
  4. Línguas: Português / Espanhol / Francês / Inglês
  5. Suportes: digital

 

 

Cinema Português

Começou cedo, em Portugal, a aventura desta viagem. Mal a invenção dessa arte maior que é o Cinema aconteceu em França, puderam os Portugueses fruir das imagens em movimento que lhes começavam a ser projetadas e, desde logo, a elas se mantiveram fiéis, integrando no quotidiano das suas vidas a magia inspiradora do que viam espelhado no ecrã.

  • Ano de produção: 2012
  • N.º painéis: 23
  • Medidas (cm): 68 x 98
  • Línguas: Bilingue Português / Espanhol // Bilingue Português / Francês // Bilingue Português / Inglês
  • Suportes: digital

 

 

Da inquietude à transgressão: eis Bocage

Bocage foi uma das mais complexas e notáveis figuras do Iluminismo em Portugal. Autor versátil de múltiplas formas de poesia, dramaturgo e tradutor rigoroso dos clássicos greco-latinos – Ovídio, Lucano, Virgílio, Museu e Moscho – e de escritores coevos, como, Voltaire, La Fontaine, Tasso, Racine, Delille e Madame du Bocage. A sua escrita irreverente e as contundentes intervenções públicas tornaram-no uma referência para várias gerações de portugueses. A sua obra caracteriza-se pela omnipresença do lirismo, da intervenção social, do erotismo e da sátira. Foi repetidamente invocado na literatura, nas artes plásticas, na música, no cinema, no teatro e até na publicidade.

  • Ano de produção: 2016
  • N.º painéis: 24
  • Medidas (cm): 0,90 x 0,60
  • Línguas: Português / Espanhol
  • Suportes: digital

 
 

Escritores Diplomatas

Uma seleção de 10 escritores que foram diplomatas. Iniciando com Eça de Queiroz (séc. XIX) e finalizando com Luís Filipe Castro Mendes, autor contemporâneo, em todos encontramos subjacente uma visão de abrangência cultural que resulta, explicitamente, das funções e dos contactos com culturas e problemáticas de âmbito internacional.

  • Ano de produção: 2014
  • N.º painéis: 21
  • Medidas (m): 1,00 x 0,70
  • Línguas: Bilingue Português / Inglês
  • Suportes: digital

 
 
 

Fernão Mendes Pinto, Deslumbramentos do Olhar

«Fernão, mentes? Minto.» Foi este trocadilho jocoso que fez passar de geração em geração o nome do autor de Peregrinação, obra que ainda antes da sua publicação gerou grande curiosidade e polémica em torno da veracidade das aventuras contadas.   

  • Ano de produção: 2009
  • N.º painéis: 19
  • Medidas (cm): 98 x 68
  • Línguas: Bilingue Português / Inglês
  • Suportes: digital

 

 

História do Fado

O Fado é um género performativo que integra música e poesia, desenvolvido em Lisboa no segundo quartel do século XIX, como resultado de um processo de fusão multicultural que envolveu danças afro-brasileiras recém-chegadas à Europa, uma herança de géneros locais de canção e dança, tradições musicais de zonas rurais trazidas por vagas sucessivas de imigração interna e os padrões cosmopolitas da canção urbana do início do século XIX.

  • Ano de produção: 2012
  • N.º painéis: 20
  • Medidas (m): 1,00 x 0,70
  • Línguas: Trilingue Português / Francês / Inglês // Trilingue Português / Inglês e ficheiro editável para inserção de texto noutra língua
  • Suportes: digital

 

 

Portugal e a Grande Guerra: contextos e protagonistas (1914-1918)

Interrogando as origens, os contextos, os impactos e as memórias da Primeira Guerra Mundial, a exposição Portugal e a Grande Guerra Contextos e Protagonistas (1914-1918) interpelam vários aspetos da participação portuguesa neste conflito global. A razão política, a mobilização social, o papel das mulheres, o mundo das trincheiras, as frentes africanas e europeias e os impactos duradouros do conflito são abordados, com recurso a uma criteriosa documentação fotográfica.

  • Ano de produção: 2015
  • N.º painéis: 16 (duplos)
  • Medidas (m): 1,00 x 0,70
  • Línguas: Bilingue Português / Inglês // Bilingue Português / Espanhol // Português / Francês
  • Suportes: digital

 

 

 
 

Potencial Económico da Língua Portuguesa

Os 250 milhões de falantes do português representam cerca de 3,7% da população mundial e detêm aproximadamente 4% da riqueza total.

Os 8 países de língua oficial portuguesa ocupam uma superfície de 10,8 milhões de quilómetros quadrados, cerca de 7,25% da superfície continental da Terra, possuindo todos eles amplas plataformas marítimas.

A língua portuguesa é a quarta mais falada no mundo e regista uma das taxas de crescimento mais elevadas, na Internet, nas redes sociais e na aprendizagem como língua estrangeira.

  • Ano de produção: 2014
  • N.º painéis: 17
  • Medidas (cm): 98 x 68
  • Línguas: Bilingue Português / Inglês // Bilingue Português / Francês // Bilingue Português / Chinês // Bilingue Português / Tétum
  • Suportes: digital

 

 

Camões, I.P.
Usamos cookies no nosso site para lhe proporcionar uma melhor experiência de utilização.