Os cem anos de Cleonice Berardinelli

Publicado em terça, 30 agosto 2016 20:04

O Camões, I.P. associa-se à celebração dos 100 anos de Cleonice Berardinelli, assinalados a 28 de agosto de 2016. Trata-se da mais antiga especialista de literatura portuguesa viva.

Cleonice Berardinelli licenciou-se em Letras NeoLatinas na Universidade de São Paulo, em 1938. Trabalhou com Fidelino de Figueiredo, por sua vez fundador, nesta Universidade, dos estudos de Literatura Portuguesa no Brasil, tendo como seguidores, entre outros, os brasileiros António Soares Amora e Massaud Moisés.

Cleonice foi professora da Universidade Federal do Rio de Janeiro e, mais tarde, da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, das quais é hoje professora emérita. Lecionou na University of California e na Universidade de Lisboa, entre outras, e é correspondente da Academia das Ciências de Lisboa, para além de pertencer à Academia Brasileira de Letras.

Dedicou os seus estudos a Camões, Gil Vicente, Mário de Sá-Carneiro e Fernando Pessoa, tendo sido sobre este último a sua tese de doutoramento: “Poesia e poética de F.P.”. Entre os inumeráveis contributos à crítica literária, saliente-se o volume “Estudos Camonianos” (ed. revista e ampliada, 2000), “Poemas de Álvaro de Campos” (ed. crítica, 1990), “Fernando Pessoa, antologia poética” (2012). Mas dedicou também a sua atenção a autores contemporâneos, como, por exemplo, José Cardoso Pires, Augusto Abelaira, José Rodrigues Miguéis ou Fernando Namora.

Recebeu as mais altas condecorações do Estado português.

Camões, I.P.
Usamos cookies no nosso site para lhe proporcionar uma melhor experiência de utilização.