Apresentação pública das iniciativas do Dia da Língua Portuguesa e das Culturas na CPLP

Publicado em quarta, 03 maio 2017 07:24

Teve lugar no dia 3 de maio de 2017, às 12h00, na Biblioteca da Rainha, no Ministério dos Negócios Estrangeiros, em Lisboa, a apresentação das iniciativas que assinalam, a nível mundial, o Dia da Língua Portuguesa e das Culturas na CPLP — 5 de maio, promovidas ou apoiadas pelo Ministério dos Negócios Estrangeiros (MNE).

Estas iniciativas envolvem toda a rede externa do MNE, com a participação das Embaixadas e Postos Consulares, dos Centros de Língua, dos Centros Culturais e das Coordenações do Ensino de Português no Estrangeiro.

A sessão foi presidida pelo Ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, e contou com a presença da Secretária de Estado dos Negócios Estrangeiros e da Cooperação, Teresa Ribeiro, e da Presidente do Camões, I.P., Ana Paula Laborinho.

O chefe da diplomacia portuguesa sublinhou que as atividades caracterizam-se pela "diversidade, nalguns casos são colóquios, conferências e encontros com escritores de língua portuguesa", e noutros são "peças de teatro, mostras de cinema em português, tanto documentários como curtas e longas-metragens, e artes do espetáculo de áreas multidisciplinares, como a música e a dança".

O Ministro dos Negócios Estrangeiros vincou que o objetivo principal das sessões descentralizadas, que decorrem em vários continentes em datas próximas do dia 05, é valorizar o português como "uma das grandes línguas globais" da atualidade, falada por 261 milhões de pessoas e a língua mais falada no hemisfério sul.

Augusto Santos Silva prevê que a língua portuguesa se expanda a 400 milhões de falantes em meados deste século, relacionando esta previsão com o potencial demográfico de crescimento dos países africanos da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP).

De acordo com a lista, apresentada pela presidente do Camões, I.P., há uma sessão de cinema em português em Havana, por exemplo, e uma apresentação de cante alentejano em Timor-Leste, para além de outras iniciativas em países como França, Espanha, Uruguai, República Checa, Geórgia, Congo, China e Índia.

A data, 5 de maio, foi estabelecida a 20 de julho de 2009, por Resolução da XIV Reunião Ordinária do Conselho de Ministros da CPLP, realizada na Cidade da Praia, em Cabo Verde, para celebrar a língua portuguesa, vínculo histórico e património comum de uma convivência multissecular.

Com Lusa

 

 

Camões, I.P.
Usamos cookies no nosso site para lhe proporcionar uma melhor experiência de utilização.