Brasília: Exposição “Só é Possível se Formos 2", de Fernanda Fragateiro

Data
29-10-2021 - 18-02-2022
Localização
Brasilía
Tópicos neste artigo:

Descrição

A Embaixada de Portugal no Brasil e o Camões – Centro Cultural Português (CCP) em Brasília apresentam a exposição “Só é Possível se Formos 2”, de Fernanda Fragateiro.

Fernanda Fragateiro tem uma obra caracterizada por relacionar arte e arquitetura de forma particular, provocando o público a refletir e interagir com as peças e o espaço que as abriga.

Nesta exposição inédita, a artista portuguesa dialoga com o trabalho da arquiteta e designer ítalo-brasileira Lina Bo Bardi (1914-1992), conhecida por projetar edifícios icónicos como o Museu de Arte Moderna de São Paulo (MASP) e o SESC Pompeia, ambos em São Paulo. “São múltiplas dimensões do trabalho da Lina no campo da arquitetura, da investigação da curadoria, da edição, e o seu forte compromisso com a pedagogia, que atravessa toda a sua prática, o que mais me interessa e onde me revejo”, afirma Fernanda Fragateiro.

Concebida para a Galeria Camões na Embaixada de Portugal (edifício projetado por Raúl Chorão Ramalho), a exposição reúne estudos do acervo de Lina Bo Bardi e regista o processo criativo de Fernanda Fragateiro na investigação sobre a "Cadeira de Beira de Estrada" (Lina Bo Bardi, 1967), peça central desta exposição, bem como, de forma mais ampla, sobre as relações entre o conjunto da obra da arquiteta italo-brasileira e o Movimento Moderno, que tem em Brasília a sua grande realização urbanística. Ao escolher trabalhar o acervo de Lina Bo Bardi nesta exposição, a artista amplifica o discurso, o olhar e a participação das mulheres na arte e na arquitetura.

Nesta exposição, “Fernanda Fragateiro partilha chaves de leitura do seu processo de trabalho ao trazer para o espaço expositivo um conjunto de livros e materiais que constituem a sua investigação, num renovado convite à reflexão sobre a obra de Lina Bo Bardi, sobre os arquivos e sobre a inscrição do outro na construção do espaço que habitamos”, resume a diretora do CCP em Brasília, Alexandra Pinho.

Este projeto é uma realização da Embaixada de Portugal e do CCP em Brasília.

A exposição ficará patente até 18 de fevereiro de 2022, com entrada gratuita, mediante agendamento prévio. As visitas à exposição poderão ser efetuadas às terças e quintas-feiras, das 14h00 às 15h00, e poderão ser agendadas através do email: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.