Luanda: Camões (Con)Vida | Mira Clock na rubrica do #escritordomes

Data
28-06-2022
Localização
Centro Cultural Português em Luanda
Tópicos neste artigo:

Descrição

O Camões - Centro Cultural Português (CCP) em Luanda apresenta a escritora angolana Mira Clock, na sua habitual rubrica do #escritordomes, no dia 28 de junho de 2022, pelas 17h00. Esta iniciativa é mensal e destina-se a promover os autores literários que escrevem em língua portuguesa.

Ana Zulmira da Silva Ramalheira Camota, de pseudónimo Mira Clock, nasceu a 28 de maio de 1991, em Luanda. Licenciada em Direito pela Universidade Metodista de Angola (2009-2013), desempenhando atualmente funções na área do Direito Económico. É membro do movimento literário Lev´Arte, ao qual aderiu em 2008. Desde tenra idade entregou-se ao trabalho de incentivo à leitura e à escrita, tendo desenvolvido diversas ações em prol da humanização através da arte. Ainda no âmbito da literatura, tem em curso um projeto digital, de nome "Devaneios", através do qual partilha semanalmente nas redes sociais, frases motivadoras, reflexões e excertos de poemas. 

Mira Clock, tem vindo a editar obras desde 2012. Começou pelo género poético com o livro "Desabrochar". Em janeiro de 2015, publicou a obra que consagrou o início da sua aventura no universo da prosa, "Cartas a um Ex Amor". Em 2016, após ter aceite o desafio de escrever crónicas para o programa “Amanhã é outro dia”, da emissora Luanda Antena Comercial (LAC), lançou, em outubro de 2016, o livro "Vozes da Cidade", uma coletânea de crónicas e outros textos sobre os mais variados assuntos do quotidiano. Para além dos três projetos literários individuais, participou ainda em algumas antologias poéticas: "Palavras, Sete Pecados" e "O Canto da Kianda". "Amar Além das Estrelas" vem somar-se ao leque de obras da autora, sendo esta a quarta a nível individual.

A sessão, que conta com a produção da agência criativa Art Sem Letra, consistirá na apresentação da vida e obra da escritora, e terá lugar no Auditório Pepetela.