Apresentação pública da Rede de Ensino Português no Estrangeiro 2018/2019

Publicado em sexta, 21 setembro 2018 18:48

Teve lugar hoje, dia 21 de setembro de 2018, no Auditório do Camões, I.P., a apresentação pública da Rede de Ensino Português no Estrangeiro (EPE) 2018/2019, em sessão presidida pelo Ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, e que contou com a presença da Secretária de Estado dos Negócios Estrangeiros e da Cooperação, Teresa Ribeiro, e do Secretário de Estado das Comunidades Portuguesas, José Luís Carneiro.

Na sessão, a apresentação da Rede EPE esteve a cargo do Presidente do Camões, I.P., Luís Faro Ramos, que destacou a evolução da rede que vem registando uma subida sustentada de vários indicadores, tanto do lado dos docentes como do lado dos alunos e  que, em 2019, abrangerá o maior número de países de sempre (80). Foi salientada a aposta na consolidação de novos eixos estratégicos de atuação em termos geográficos, designadamente em África, na Ásia Central e na América Latina,  e o reforço de alianças do Camões, I.P. com parceiros institucionais e empresariais, nacionais e estrangeiros. De destacar ainda a criação de novos leitorados, cátedras e centros de língua portuguesa. A Rede EPE 2018/2019 está orientada para o reforço da intervenção da instituição ao nível de seis eixos de ação – Ensino, Formação, Investigação, Criação de Conteúdos, Certificação e Creditação, incluindo atenção particular às dimensões da Língua Portuguesa como Língua Estrangeira e de Herança.

Foi apresentado na ocasião um novo exame de certificação internacional de Português Língua Estrangeira – Camões Júnior – uma medida de qualificação do português junto do público infanto-juvenil. Este exame poderá ser realizado através de suporte eletrónico e certifica o grau de proficiência através de uma escala com equivalências aos níveis do Quadro Comum de Referência para as Línguas (níveis A1, A2 e B1).

O Ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, considerou o trabalho desenvolvido pelo Camões, I.P. como absolutamente estratégico, anunciou que o Governo tem como objetivo duplicar o número de países com o português como língua internacional de opção no ensino básico e secundário e assinalou que, atualmente, mais de 300 mil pessoas estudam português no mundo, entre Língua de Herança (cerca de 70 mil), ensino superior (cerca de 150 mil) e os que estudam português como língua estrangeira de opção (cerca de 100 mil).

Mensagem do Ministro dos Negócios Estrangeiros

 

redeepeapre1

redeepeapre3

redeepeapre4