Falecimento de Pavla Lidmilová, tradutora de Língua Portuguesa

Publicado em terça, 29 janeiro 2019 16:34

Faleceu no dia 25 de janeiro de 2019, aos 86 anos de idade, a tradutora checa Pavla Lidmilová, vítima de doença prolongada.

Pavla Lidmilová, precursora de estudos e atividade literários na República Checa foi a mais destacada tradutora de Língua Portuguesa no país. Do seu percurso, há a registar traduções para o checo de Clarice Lispector, Darcy Ribeiro, Eduardo Lourenço, Erico Veríssimo, Eugénio de Andrade, Graciliano Ramos, Guimarães Rosa, José Cardoso Pires, José Luandino Vieira, Luís de Camões, Mário de Sá-Carneiro, Moacyr Scliar, Nuno Júdice, Rubem Fonseca e Sérgio Sant’Anna.

Desde o início da sua atividade como tradutora e intérprete das literaturas lusófonas, Pavla Lidmilová, com uma sensibilidade fora do comum, introduziu ao público checo as obras-chave, muitas vezes em antecipação a outros países. Publicou, já em 1968, uma antologia de poesia de Fernando Pessoa (junto com Josef Hiršal), assim como iniciou a tradução de contos de Murilo Rubião, ainda antes do seu reconhecimento no Brasil.

A tradutora e filóloga foi distinguida por diversas vezes, tendo recebido a Ordem do Infante Dom Henrique, pelo Estado Português, a Ordem de Rio Branco, pelo Governo Brasileiro e o Prémio Estatal de Tradução Literária, atribuído pelo Ministério da Cultura da República Checa.

O Camões, I.P. em Praga realizará, a 7 de março de 2019, um evento evocativo do singular trabalho da tradutora. 

 

Tópicos neste artigo: