França : Ana Paixão e José Manuel Esteves agraciados com a Ordem do Mérito pelo Presidente da República

Publicado em sexta, 14 dezembro 2018 16:05

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, agraciou com a Ordem do Mérito Ana Margarida Minhóis Paixão, Leitora do Camões, I.P. na Universidade de Paris VIII e Diretora da Casa de Portugal – André de Gouveia da Cité Internationale Universitaire de Paris e José Manuel da Costa Esteves, Leitor na Universidade Paris Nanterre onde é responsável da Cátedra Lindley Cintra do Camões, I.P..

No dia 7 de dezembro de 2018, o Embaixador de Portugal em França procedeu à imposição das Insígnias da Ordem do Mérito a Ana Paixão e a José Manuel Esteves, bem como a três outras personalidades distinguidas em França, em cerimónia que decorreu na Embaixada de Portugal em Paris.

A distinção atribuída vem reconhecer e dar brilho à ação de ambos na promoção da Língua e da Cultura Portuguesas. Uma ação continuada, feita de entusiasmo e labor, da qual resulta um painel de mais de 100 atividades anuais onde a língua e a literatura se cruzam com a música e as artes plásticas, o teatro e as artes performativas, organizadas pela Casa de Portugal - André de Gouveia em parceria com a Cátedra Lindley Cintra da Universidade Paris Nanterre.

Entre 2011 e 2014, José Manuel Esteves e Ana Paixão foram responsáveis pela programação cultural do Camões - Centro Cultural Português em Paris e ainda pelo planeamento e gestão das atividades culturais em França em representação do Camões no FICEP e na EUNIC-Paris.

 20393 3

 

Ana Paixão é doutorada em Literatura Comparada com uma tese sobre "Retórica e técnicas de escrita literária e musical em Portugal entre os séculos XVII e XIX". É membro do Conselho Científico do Centro de Estudos em Sociologia e Estética Musical da Universidade Nova de Lisboa, é membro fundador das Sociedades Portuguesas de Retórica e de Investigação em Música e pertence aos Conselhos científicos editoriais das revistas Vieira e Glosas. Depois de uma experiência como leitora na Universidade Paris III - Sorbonne Nouvelle, foi professora de francês aplicado ao canto no Conservatório Nacional de Lisboa. Desde 2010, é leitora na Universidade de Paris 8, assegura a coordenação pedagógica dos cursos de português no Camões - Centro cultural em Paris. Para além da direção da Casa de Portugal - André de Gouveia assume ainda outras funções transversais na Cidade universitária: é diretora referente para o Mecenato, colabora com os projetos Bolsas da Cité e Université de la Paix. Foi impulsionadora do acolhimento de residentes refugiados na Cité. Desde 2016, dirige o projeto «Mulheres no mundo», que realizou 72 eventos desde a sua criação. Em 2017 foi eleita por unanimidade representante dos diretores no Conselho de Administração da Cité internationale.

 

José Manuel Esteves fez estudos em Filologia Românica e frequentou o Mestrado em Literatura Portuguesa na Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa. Foi Leitor no Instituto Católico de Paris e na Universidade Sorbonne Nouvelle Paris III. Desempenhou ainda o cargo de Coordenador dos Leitores de Português da França, Bélgica e Holanda e atualmente dirige a Cátedra Lindley Cintra da Universidade Paris Nanterre onde é coordenador do programa SOCRATES/ERASMUS – Portugal e avaliador dos assistentes linguísticos. É igualmente membro do grupo de investigação CRILUS - Études Romanes da Universidade de Nanterre, do Conselho Redatorial da Revista Convergência Lusíada, dos Cahiers du Crepal da Universidade Sorbonne Nouvelle e do Conselho Editorial da Revista Colóquio Letras.

É conferencista e participa na organização regular de conferências, seminários e colóquios internacionais em França, Portugal, Holanda, Bélgica, Goa, Pequim, Macau, Coreia do Sul, Toronto, Berkeley, Cabo Verde, Brasil e Suiça.

É autor de numerosas publicações nomeadamente nos domínios da didática das línguas, das políticas linguísticas e culturais e da literatura portuguesa moderna e contemporânea. Refira-se, entre outros: La Littérature Portugaise Contemporaine. Le plaisir du partage, 2008.