Luxemburgo: Exposição "Nódoas" de João Jacinto

Date
09-12-2020 - 03-03-2021
Location
Centro Cultural Português no Luxemburgo

Description

Com o apoio do Camões, I.P., o Camões - Centro Cultural Português no Luxemburgo inaugura, a 9 de dezembro de 2020, a exposição "Nódoas", de João Jacinto, com a presença do artista.

A exposição estará patente ao público até 3 de março de 2021 e a sua visita deverá  ser reservada num dos seguintes horários: 18:30h; 19:00h; 19:30h e 20:00h

Sobre a obra de João Jacinto:

"De uma certa forma, podemos considerar que a história das imagens se faz contra a história da escrita. As imagens, algumas imagens, chegam-nos como corpos perdidos, por entre as malhas da censura, para além da história, enquanto provas imanentes de que o labor do inconsciente - como um astro à deriva no espaço cósmico - é a mais perene, longeva e palpável ligação entre os homens.Na sua célebre pintura de juventude, Medusa, Caravaggio diz essencialmente duas coisas, uma repetida dos Gregos antigos, a outra inventada por ele: que as imagens matam e que a pintura, qual guilhotina ao serviço da academia, faz separar a cabeça do corpo. Era, claro, contra os valores do Renascimento que o jovem pintor se posicionava, rejeitando uma herança terrível, aos olhos dele normativa, ordenadora e asséptica. Trazer a sujidade para o espaço da tela, tornar a imagem em imagem-matéria, os corpos em corpo-carne, os homens e as mulheres em seres-desejantes cujo horizonte de expectativa não mais seria a eternidade prometida da pintura bem-pensante mas o amor e a beleza incomensuráveis, a violência e a morte. O absoluto na terra. Para sempre aqui e agora.

Nuno Faria em "O céu recuou dez metros: João Jacinto", Lisboa, Documenta, 2017

Pode consultar mais informações aqui.