Belgrado: Concerto do pianista Vasco Dantas no "Artlink Festival Belgrado"

Date
17-06-2021
Location
Belgrado

Description

Na sequência das bem-sucedidas atuações em 2019 e 2020, o reconhecido pianista Vasco Dantas volta a tocar presencialmente em Belgrado, no dia 17 de junho de 2021, na Fundação Kolarac, num concerto com o qual a Embaixada de Portugal em Belgrado assinala a Presidência Portuguesa do Conselho da União Europeia.

O programa do concerto consiste em peças dedicadas a compositores alemães e portugueses que constam no último disco do pianista, “Poetic Scenes” (Ars Produktion 2020). Este álbum inclui canções ou obras em forma de Cenas, com conjuntos de pequenas peças, escritas para piano com inspiração vocal, nomeadamente Fados para piano de três compositores portugueses (Alexandre Rey Colaço, Óscar da Silva e Eduardo Burnay), e Lieder (canções) de R. Schumann. Inclui também obras que definem a identidade musical dos dois países no século XIX, com as “Cenas Portuguesas” de Vianna da Motta do lado de Portugal, e as “Cenas Infantis” de Schumann, do lado da Alemanha.

Em 2019, Vasco Dantas realizou a sua primeira performance no Artlink Festival, no concerto que teve lugar na Câmara Municipal de Belgrado e que conquistou o coração do público sérvio. Já em 2020, dadas as circunstâncias da pandemia, apresentou-se num concerto online por ocasião do Dia de Portugal, Camões e das Comunidades Portuguesas que foi transmitido no Youtube pela Embaixada de Portugal em Belgrado e que igualmente teve boa repercussão.

O jovem pianista português nasceu no Porto em 1992, licenciou-se em Música com '1st Class Distinction' no London Royal College of Music, tendo estudado piano com Dmitri Alexeev e Niel Immelman, e regendo com Peter Stark e Natalia Luis-Bassa. Concluiu o Mestrado em Performance, com nota máxima, sob orientação de Heribert Koch, na Universidade de Münster, onde foi aceite para Doutoramento (Konzertexamen). Conquistou mais de 50 prémios em competições internacionais na Alemanha, Grécia, Itália, Malta, Marrocos, Portugal, Espanha e Reino Unido.