Lisboa: Inauguração da exposição "Para além das fronteiras"

Date
23-05-2022 - 02-06-2022
Location
Lisboa (Camões, I.P.)

Description

Será inaugurada no dia 23 de maio de 2022, às 18h00, na sede do Camões – Instituto da Cooperação e da Língua, I.P., em Lisboa, a exposição "Para além das fronteiras - Uma viagem pela ilustração portuguesa e colombiana contemporânea".

Como se viaja em tempos de pandemia? Há mais de um ano que nos encontramos na era do COVID-19, onde as fronteiras ganharam um novo sentido de proteção e de resguardo. A mobilidade pelo mundo viu-se inevitavelmente afetada pelas restrições impostas e, com ela, os itinerários dos viajantes.

A partir desta problemática surgiu “Para além das fronteiras (Más allá de las fronteras)”, uma exposição da Embaixada da Colômbia em Portugal em parceria com a Câmara Municipal de Lisboa, que pretende unir as duas latitudes através das obras de 6 artistas colombianos e 6 artistas portugueses.

Como ponto de partida, os ilustradores de ambos os países inspiraram-se em poemas de Natália Correia, célebre poetisa portuguesa, e de Aurelio Arturo, considerado um dos poetas colombianos mais importantes do século XX. Neste percurso pela ilustração contemporânea colombiana e portuguesa, a literatura converte-se num elemento unificador (apesar das distâncias), convidando o expectador a viajar com a imaginação por um território conjunto.

“Para além das fronteiras" realiza-se com o apoio de José Rosero e Diana Arias (editora Casatinta), de João Paulo Cotrim (editora Abysmo) e do escritor luso-colombiano Jerónimo Pizarro e do do Camões - Instituto da Cooperação e da Língua, I.P. Esta exposição faz parte das atividades do Plano de Promoção da Colômbia no Exterior, uma ferramenta de diplomacia cultural do Ministério dos Negócios Estrangeiros da Colômbia. 

A exposição, que ficará patente até ao dia 2 de junho de 2022, pode ser visitada nos dias úteis, das 9h30 às 13h30 e das 14h30 às 18h30, na Av. da Liberdade, 270, em Lisboa. A entrada é gratuita.

Portugal

Eva Evita
Eva evita dizer, mas as casas nunca se queixaram, e as suas ilustrações nunca couberam de tão grandes que os textos lhes enchem todos os compartimentos.

Daniel Lima
Nasceu em 1971, Angola. Vive e trabalha em Lisboa. Estudou Artes Plásticas na ESAD, Caldas da Rainha. Trabalha como ilustrador e autor de BD desde o final dos anos 90. Atualmente é coresponsável do departamento de ilustração|BD na escola Ar.Co (Lisboa).

Marta Madureira
Marta Madureira nasceu no Porto em 1977. É ilustradora, licenciada e mestre pela Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto. É docente na Escola Superior de Design do IPCA e diretora do Mestrado em Ilustração e Animação na mesma instituição. Foi distinguida com alguns prémios relevantes dentro da sua área e conta com cerca de 30 livros ilustrados para a infância.

Sofia Morais
Sofia Morais nasceu em 1979, em Lisboa, onde vive e trabalha. Licenciada em Design de Comunicação, pelas Belas Artes de Lisboa, é designer gráfica e ilustradora freelancer. Uma oficina com Isabelle Vandenabeele muda a sua visão sobre a ilustração e leva-a a descobrir e entregar-se à gravura no atelier Contraprova, do qual faz parte desde 2015.

Mantraste
Mantraste, também Bruno Reis Santos, nasceu nas Caldas da Rainha em 1988. Mora em Portugal, onde trabalha como ilustrador e dá aulas de ilustração; prefere aproveitar as coisas pequenas da vida mas às vezes esquece-se.

João Fazenda
Estudou Artes Gráficas na António Arroio e licenciou-se em Pintura pela Faculdade de Belas-Artes de Lisboa. O seu trabalho parte do desenho para explorar várias das suas possibilidades enquanto motor de criação de imagens, passando pela ilustração, cinema de animação, banda desenhada e pintura. Trabalha regularmente como ilustrador para a imprensa, assinando ilustrações para diversas publicações nacionais como a New Yorker, The New York Times e a Visão. Vive e trabalha em Lisboa depois de uma década a viver em Londres.

Colômbia

Sandra Marcela Restrepo
Sandra é amante da natureza e designer gráfica. Desde 1998 dedica-se à criação de livros e desde há 5 anos à ilustração. 

Jorge Carvajal
Jorge é ilustrador e confessa que naufragar é um dos seus vícios e não o quer deixar. Há imagens nas quais gostava de permanecer só pelo prazer de as explorar.

Gabriela Mendoza (Anémona Anónima)
Gabriela Mendoza desenha sob o pseudónimo de Anémona Anónima. Com as suas ilustrações procura contar histórias e conectar-se com o espetador através de imagens legíveis, que podem ter interpretações diversas de acordo com o olhar do observador. Ainda que não se considere desenhadora, a ilustração provém-lhe um lugar onde pode criar e partilhar comodamente.

Cromalario
Geison Castañeda Perico é um ilustrador e desenhador colombiano que explora a imagem ilustrada procurando dissecar a fixação sobre o que é desconhecido.

Ximena Arias
Através do seu trabalho, Ximena procura retratar universos onde se une real e imaginário, para dar forma ao que habita dentro de nós. Desde os sonhos até aos mais profundos temores, a autora tenta encontrar respostas ao que constantemente divaga no interior da sua mente, dando-lhes sentido através da imagem.

Nicolás Sanabria Sánchez (Insomnia)
A noite olha, com o seu olhar bebe a contemplação de quem viaja nela, de quem se abraça na escuridão de um ela com estrelas. Olham-se e nesse olhar embriagado, estão todas.

Folha de sala