Buenos Aires: 9.ª edição do Festival do Fado

Date
24-11-2022 - 26-11-2022
Location
Buenos Aires

Description

Em 2022, a programação do Festival do Fado de Buenos Aires, centrada no mar e na sua relação estreita com este género musical, inclui concertos da dupla Camané e Mário Laginha (24 de novembro de 2022), Buba Espinho (25 de novembro de 2022) e Mariza (26 de novembro de 2022), e ainda, a projeção do filme Fado, de Sofia de Portugal e Aurélio Vasques, e a conferência "Saudades de terra firme. O fado e o mar", por David Ferreira. O festival irá decorrer no Centro Cultural Kirchner.

Camané e Mário Laginha já deram vários concertos juntos. Do excelente entendimento sentido nessas colaborações esporádicas, resultou agora o inevitável aprofundamento dessa simbiose: "Aqui está-se sossegado" é um novo projeto pensado de raiz para dar mais brilho a uma voz e a um piano que se descobriram cúmplices desde a primeira vez que encheram um palco. Este concerto realiza-se com a colaboração da Embaixada de Portugal e celebra o bicentenário das relações diplomáticas entre a Argentina e Portugal.

Buba Espinho é natural de Beja. Desde cedo vive e sente a música de raiz intensamente, pela mão do pai, também músico, que lhe transmitiu a importante missão de a preservar e a relação entre dois patrimónios culturais imateriais da humanidade, o Cante Alentejano e o Fado. 2020 é o ano que traz o seu primeiro disco de estúdio, e a difícil harmonia entre a juventude e a tradição, entre o interior e o litoral, o legado de gerações da música de raíz portuguesa com a coragem e determinação de arriscar e inovar. Em 2022 vai ao Festival de Fado de Buenos Aires apresentar o seu mais recente trabalho.

Mariza tem 20 anos de carreira, 20 anos de música. 20 anos de uma viagem que começou discretamente, como um fenómeno local quase escondido, partilhado apenas por um pequeno círculo de admiradores lisboetas, e que tornou Mariza, e a sua extraordinária voz, numa das mais aplaudidas estrelas do circuito mundial da World Music, que não hesita em levar o Fado por novos e ousados caminhos, sem nunca perder de vista a sua alma.

David Ferreira foi diretor-geral, entre 1983 e 2007, da maior editora de Música Portuguesa (EMI-Valentim de Carvalho), trabalhando com muitos cantores, fadistas, músicos e escritores de canções. Filho do poeta David Mourão-Ferreira, um dos autores mais cantados no Fado e, em especial, por Amália Rodrigues e Camané. Autor de muitos programas de rádio, cursos acerca da História da Música Popular e diversas compilações publicadas em disco. Investigador, com um especial interesse na obra de Amália, a quem dedicou uma série de 197 programas de rádio, na celebração do centenário da artista.

Filme Fado (Sofia de Portugal / Aurélio Vasques, 2012) Projeto documental que pretende captar o incaptável. Explicar o que não se explica. Decifrar o fado – como nasce. Se dizem que se nasce fadista, como se define o que se sente, de onde parte interiormente? Vários mestres orientais acreditam que o conhecimento só passa de forma presencial. Será que através da tecnologia podemos captar a presença intemporal de um mestre e sentir o seu conhecimento? Documentário onde se tenta explicar o que é o fado, para quem o conhece e para quem não o conhece, do compositor ao guitarrista, passando obrigatoriamente por quem o canta, mas também por quem o estuda. E assim, através destes testemunhos, conseguimos explicar o invisível. O lado interior do Fado.

O Festival conta com o apoio do Camões - Instituto da Cooperação e da Língua, I.P.