Perito/a em Nutrição - Angola

A Coutinho, Neto & Orey no âmbito da sua atividade de recrutamento encontra-se a desenvolver um processo de seleção para o Camões – Instituto da Cooperação e da Língua, I.P. (Camões, I.P.)

Prazo limite de candidatura: prolongamento até 06-07-2019 

Enquadramento da ação

O Programa de Fortalecimento da Resiliência e da Segurança Alimentar e Nutricional em Angola (FRESAN) tem por objetivo contribuir para a redução da fome, pobreza e vulnerabilidade à insegurança alimentar e nutricional, através do fortalecimento sustentável da agricultura familiar, nas províncias do sul de Angola mais afetadas pelas alterações climáticas, a saber, Cunene, Huila e Namibe.

 

Principais Responsabilidades

Reportando ao/à Coordenador/a Geral da UIC do FRESAN no Lubango/Moçâmedes/Ondjiva, e em articulação estreita com o MINSA, o MINAGRIF /GSA e a Universidade do Porto, como parceiros do Programa, o/a Perito/a em Nutrição será o/a principal responsável pela implementação da componente da nutrição do FRESAN a nível provincial e terá como principais responsabilidades:

  • Apoiar o Coordenador-Geral no desenvolvimento da estratégia do FRESAN para a melhoria da saúde e nutrição em especial das mulheres e crianças em cada uma das províncias de intervenção;
  • Assegurar que a componente de nutrição do FRESAN integra uma abordagem de desenvolvimento local e uma perspetiva de género;
  • Apoiar o desenvolvimento da capacidade dos técnicos de saúde ao nível da província, através de ações formação, de coaching/ mentoria e da supervisão nas áreas da desnutrição e educação para a saúde;
  • Desenvolver planos de formação e/ou sensibilização para agentes de saúde estatais e comunitários em nutrição, em particular sobre avaliação do estado nutricional, vigilância nutricional, prevenção e tratamento;
  • Apoiar o desenvolvimento de capacidades da Delegação Provincial de Saúde e em especial dos Centros de Saúde e de outras instituições relevantes na prevenção e tratamento da desnutrição;
  • Apoiar o desenvolvimento de estudos que contribuam para decisões mais informadas nas áreas da saúde e nutrição materno-infanti, incluindo o índice de consumo alimentar.
  • Contribuir para a monitorização do consumo alimentar e da situação nutricional de crianças com idade inferior a 5 anos e de mulheres, ao nível da província;
  • Apoiar o/a Coordenador(a)-Geral na coordenação de parceiros da componente da nutrição, no planeamento e execução de atividades e do orçamento, na monitorização de indicadores de resultados e em todas as restantes tarefas que sejam necessárias à boa implementação e consecução dos objetivos do programa relativos à componente da nutrição;
  • Coordenar e gerir as equipas locais do programa, necessárias à implementação das atividades da componente de nutrição;
  • Coordenar e/ou elaborar manuais de procedimentos, planos de trabalho e outros documentos de referência na área da nutrição, incluindo instrumentos para registo sistemático do conhecimento gerado pelo programa, em coordenação com o MINSA.
  • Contribuir para o cumprimento e monitorização das metas definidas nos indicadores do projeto, de acordo com o sistema de Monitorização e Avaliação com base em Resultados;
  • Contribuir para a identificação e sistematização de boas práticas do programa (de forma a favorecer a gestão do conhecimento).

Requisitos

Seis Obrigatórios:

  • Titularidade de grau académico superior, nas áreas de Saúde Pública ou Ciências da Nutrição;
  • Experiência profissional mínima de 5 anos na gestão da nutrição de mulheres e crianças e/ou implementação de programas de saúde base comunitária;
  • Competências em planeamento estratégico e gestão de ciclo de projeto (conceção, execução, acompanhamento e avaliação de projetos);
  • Bons conhecimentos de informática na ótica do utilizador;
  • Proficiência na utilização do Excel;
  • Conhecimentos de Línguas:
    • Proficiência na língua portuguesa;

Sete Preferenciais:

  • Experiência em avaliação do estado nutricional, vigilância nutricional, prevenção e tratamento da desnutrição em contextos de insegurança alimentar (preferencial);
  • Experiência de assistência técnica e/ou formação para o desenvolvimento de capacidades em nutrição (preferencial);
  • Experiência na conceção e implementação de estratégias de educação nutricional para públicos diferenciados (preferencial);
  • Experiência em monitorização de projetos de desenvolvimento (preferencial);
  • Experiência em gestão de equipas (preferencial);
  • Experiência profissional relevante em países em desenvolvimento (preferencial);
  • Experiência profissional relevante em Angola (preferencial).

 

Competências Mínimas

  • Excelente capacidade de comunicação e relacionamento interpessoal, bem como capacidade de adaptação a contextos complexos de tomada de decisão;
  • Capacidade de organização, definição de prioridades e de gestão do tempo;
  • Boa capacidade de análise de problemas e de formulação de estratégias;
  • Orientação para a obtenção de resultados;
  • Capacidade de automotivação e autoaprendizagem;
  • Capacidade para trabalhar sob pressão e autonomamente;
  • Flexível no desempenho das suas funções.

 

 

Local de Trabalho

Angola, nomeadamente Lubango/Moçâmedes/Ondjiva.

 

Prazo limite de candidatura: prolongamento até 06-07-2019 

 

O processo de candidatura deverá ser feito através do registo no site www.cnorey.com (https://www.cnorey.com/pt/areas-actuacao/recrutamento-e-seleccao/)